• Dicas para construir um planejamento estratégico

    Por isabela  |  08/09/2022  |  Comente »
    grátis Foto De Pessoas Inclinadas Sobre Uma Mesa De Madeira Foto profissional

    Nas empresas, é essencial que todas as operações, do planejamento operacional até o planejamento estratégico, estejam bem estruturadas e definidas.

    No entanto, em muitos casos há confusão sobre as diferenças que existem entre esses tipos de planejamento e entre as áreas que compartilham.

    Pensando nisso, neste artigo discutiremos o conceito de plano estratégico para os negócios, por que uma empresa deve estruturar um plano assim e qual a importância dele para qualquer organização, com exemplos práticos como sempre damos por aqui.

    Então, se você tem uma empresa de serviço de pavimentação asfáltica ou outro tipo de negócio, continue lendo este artigo para entender como funciona um planejamento estratégico e o quanto ele pode ser essencial no andamento dos processos internos da sua empresa.

    O que é um planejamento estratégico?

    O planejamento estratégico refere-se à gestão do negócio, com uma clara definição das metas que precisam ser alcançadas em uma organização.

    Nesse sentido, um planejamento estratégico é basicamente uma visão geral das metas e despesas departamentais de curto prazo para garantir a implementação bem-sucedida dos planejamentos da organização.

    Podemos resumir os objetivos do planejamento estratégico como:

    • Lucratividade;
    • Maior organização operacional;
    • Maior estruturação do portfólio de serviços e produtos;
    • Maximização do faturamento;
    • Alcance de objetivos e metas;
    • Integração de equipes e colaboradores.

    Levando em consideração esses fatores, pode-se dizer que o planejamento estratégico de uma empresa que vende braços articulados para toldos comprar é muito necessário, como e em todos os nos negócios atuais.

    É importante destacar que é mais eficaz incluir todos os membros de uma equipe no processo de planejamento para que todos saibam exatamente o que esperar para atingir as metas de negócios.

    Se cada unidade de negócios implementar efetivamente um plano estratégico, a organização poderá aumentar os lucros, reduzir as ineficiências e alocar recursos de acordo.

    Por que o planejamento estratégico é importante?

    Em primeiro lugar, um plano estratégico é fundamental porque define como uma empresa de aterramento spda pode gerenciar e executar os serviços de forma mais dinâmica e assertiva.

    Em segundo lugar, é somente após uma análise cuidadosa dos requisitos do cliente que é possível determinar se um produto precisa ser construído ou um serviço prestado.

    Portanto, o planejamento de todas essas atividades é a base do sucesso de uma organização, pois coloca a teoria em prática e atinge os objetivos estabelecidos.

    Um plano estratégico bem elaborado pode significar sucesso ou fracasso nos negócios.

    Como função interna, um plano estratégico deve ser um plano detalhado e aprofundado de como as atividades serão realizadas, que é inserido na estrutura mais ampla de planejamento.

    A nível operacional, a clareza e simplicidade do conteúdo devem ser os critérios para esse plano. Para estruturar um planejamento estratégico é essencial definir se o conteúdo:

    • Está claro;
    • É alinhado com o objetivo da organização;
    • É mensurável;
    • É alcançável a curto prazo.

    É importante enfatizar a natureza iterativa deste processo. À medida que mais informações estiverem disponíveis, tome as medidas necessárias para desenvolver um plano eficiente, eficaz, completo e aceitável.

    Nesse sentido, depende do setor da empresa e do tipo de gerenciamento de documentos, como análise de spda ou declarações de importação, o que é importante para as empresas que realizam tais procedimentos.

    Além disso, eles podem incluir a melhoria do gerenciamento de ativos, a implementação de técnicas de controle de qualidade, a implementação de medidas de segurança de dados ou a melhoria dos processos de integração.

    Qual é o objetivo do marketing estratégico?

    Basicamente, o principal objetivo do planejamento estratégico é definir quais metas precisam ser alcançadas para interceptar, analisar e entender as necessidades do público-alvo a fim de propor um produto que atenda às reais necessidades do público.

    Além disso, ferramentas são otimizadas, processos e mix de marketing são implementados para alcançar o máximo de resultados com o mínimo de tempo, orçamento e recursos.

    Como estruturar um planejamento estratégico?

    O plano operacional deve ser específico para o seu setor de atuação, seja uma empresa de gestão de documentos ou uma empresa de logística, seja qual for o setor, precisa ser bem específico e claro.

    Afinal, ele precisa ser específico, pois nem todos os negócios exigem o mesmo nível de complexidade de planejamento. Alguns segmentos requerem mais métodos, enquanto outros não, então é uma questão de analisar o seu mercado.

    De fato, essa área requer um planejamento muito detalhado, considerando que trabalha com várias empresas e que o planejamento estratégico, operacional e tático faz parte do escopo geral do campo.

    No entanto, em uma empresa de dropshipping, por exemplo, não é necessário cobrir todos os tópicos. Em vez disso, você pode resolver problemas considerados críticos para a natureza e o sucesso do seu negócio.

    Algumas das questões que geralmente são amplamente cobertas nos planos operacionais são:

    • Produção ou fabricação;
    • Estrutura;
    • Estoque;
    • Distribuição;
    • Manutenção e assistência;
    • Cumprimento de ordens;
    • Atendimento ao cliente.

    Por exemplo, no caso de uma fábrica de estrutura metalica industrial, seria importante discutir o processo de fabricação desses componentes. Isso geralmente envolve uma descrição das instalações, equipamentos, materiais e requisitos de trabalho.

    Aproveite o tempo para avaliar cuidadosamente seu processo para ver se você pode melhorar a eficiência e a qualidade do produto.

    Ao fazer isso, você encontrará brechas que reduzem suas margens de lucro. Portanto, focar em planos estratégicos concretos em vez de apenas teoria sem funcionalidade também pode servir a esse propósito.

    Veja essas dicas para estruturar o planejamento estratégico na sua empresa:

    Defina passos decisivos

    Depois de identificar as prioridades estratégicas e criar um plano, você pode dividir seu plano estratégico em projetos menores e mais gerenciáveis.

    Portanto, cada passo projetado será um passo firme em direção ao objetivo final. É nessa fase que os menores detalhes entram em foco, como prazos, tecnologia, expectativas para avcb preço, etc.

    Identifique os recursos necessários

    À medida que suas prioridades de fato sejam inseridas em foco e seus planos estratégicos, elas avançam em alta velocidade, e você pode começar a alocar recursos.

    Como sempre, seja realista. Não se deixe enganar pelo tempo e recursos humanos necessários para concluir cada tarefa. Pense no desempenho passado como um indicador de expectativas e planeje de acordo.

    Tecnologia como solução potencial

    Se você tem uma empresa e deseja apresentar o aspecto da inovação, já deve ter pensado em como agilizar a conclusão das atividades e a gestão dos recursos por meio de soluções tecnológicas acessíveis.

    Mas não apenas qualquer solução de tecnologia, você está procurando uma solução que não apenas capacite seus funcionários, mas também forneça a eles as informações de que precisam para tomar decisões oportunas e informadas.

    Você também está procurando algo que possa ajudá-los a automatizar muitas das tarefas mais tediosas, como geração de relatórios e agregação de dados, documentos de declaração de importação e muito mais.

    Planejamento orçamentário

    A alocação e o gerenciamento de recursos são essenciais no planejamento energético e porque determinam como você planeja seu orçamento, quando e onde precisa de fundos e quando os projetos podem ser concluídos.

    A última coisa que deve acontecer ao seu negócio é ficar sem dinheiro na metade de um projeto porque o fluxo de caixa e as entregas não foram previstos corretamente.

    Portanto, não faça grandes planos nem estabeleça metas imensuráveis se sua empresa de aluguel compactador de solo SP, por exemplo.

    Além disso, faça uma análise de custo-benefício e ROI com antecedência para tornar suas estimativas de orçamento o mais precisas possível.

    Sempre olhe para o quadro geral

    Deve ser holística em seu planejamento operacional, afinal todas as operações necessárias no negócio estão devidamente definidas antecipadamente no plano estratégico. Isso contém:

    • Agrupar projetos e tarefas semelhantes;
    • Estabelecer um calendário específico, mas razoável;
    • Considerar a alocação de recursos;
    • Garantir que o plano operacional esteja alinhado com o estratégico;
    • Comunicar suas prioridades.

    Certifique-se de que todos os envolvidos na criação e execução do plano estratégico entendam duas coisas: para quais objetivos estratégicos você está trabalhando e quando precisa alcançá-los.

    Isso é muitas vezes referido como “comunicação direta de prioridades” e dá continuidade à fluidez das necessidades e prazos.

    Portanto, funções e responsabilidades apropriadas, como definir os fornecedores de aço para construção preço em uma empresa construtora, devem ser atribuídas para estabelecer a prestação de contas.

    Atribuir funções e responsabilidades

    Definir claramente as funções e responsabilidades, bem como comunicar as prioridades organizacionais, ajuda cada membro da equipe em uma empresa de aceleração de fabricação a entender melhor o quadro geral.

    É assim que você conecta os funcionários aos objetivos e metas estratégicas da organização.

    Monitore e gerencie o desempenho

    Para garantir que seus planos estratégicos e operacionais sejam eficazes, você precisa monitorar e gerenciar o desempenho.

    Isso envolve identificar, agregar e relatar as principais métricas e feedback de progresso, permitindo que você meça com precisão o sucesso de suas ações em tempo real.

    Ao realizar essas ações, você obtém uma visão completa do status e do progresso do seu plano operacional a qualquer momento. Nesse sentido, você pode tomar decisões informadas que melhor atendem à sua organização.

    Dito isso, medir o desempenho permite que você ajuste seu plano para maior eficiência. Às vezes, ajustes precisam ser feitos para evitar falhas e, às vezes, você precisa ajustar seus próximos passos porque finalmente atingiu um marco estratégico.

    Lembre-se: os melhores planos são aqueles que evoluem com o tempo.

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

  • Como formar líderes em sua organização?

    Por isabela  |   |  Comente »
    Mulher com terno sentado em uma mesa com os parceiros para trás e os braços cruzados

    Uma empresa com líderes bem formados pode ganhar muito destaque dentro de seu segmento, e saberá lidar com qualquer tipo de desafio que se apresente a longo prazo. Por isso, desenvolver essa qualidade em seus profissionais é fundamental.

    Qualquer companhia é avaliada pela qualidade de sua equipe, e do trabalho que eles podem realizar a longo prazo para otimizar estratégias e tomar decisões que realmente gerem um impacto diferenciado nesse tipo de ação.

    Ainda que existam pessoas prontas para o cargo de liderança, é muito mais interessante para sua empresa formar um líder, uma vez que ele estará lapidado para as necessidades e interesses da sua empresa de serviço de impermeabilização com manta asfáltica.

    Um lider em formação entenderá todos os desafios que sua companhia passa, e saberá lidar com eles da melhor forma possível, buscando resultados práticos, rápidos e eficientes em suas estratégias de negócios.

    Formando novos líderes

    Agora que você entende a importância de uma liderança dentro de sua perspectiva de trabalho, é fundamental indicar a melhor maneira de fazer isso, utilizando seus recursos para auxiliar seus colaboradores a tomarem esse importante passo.

    Quando um profissional entende o potencial de liderança que ele possui, as chances de retorno para a empresa são muito maiores, além de ele lidar com uma fidelidade ainda maior com a companhia que oferece esse tipo de oportunidade.

    Por isso, é fundamental identificar algumas das maiores maneiras de incentivar seus colaboradores a buscarem esse padrão de liderança e se tornarem ainda mais ligados a tomadas de decisão importantes, como até o custo de elevador para cadeirante da sua empresa.

    Valorização da equipe

    Uma das principais maneiras de formar novos líderes é valorizando aqueles que acompanham seu trabalho e estão sempre buscando melhorias para a companhia como um todo.

    Seus funcionários já entendem a forma como o trabalho é feito, e em muitos casos possuem sugestões de melhorias ou mesmo processos que entendem de forma mais eficaz que outros.

    Quando você torna possível a interação dessas pessoas e a valorização delas através de desenvolvimento pessoal e treinamentos, o desenvolvimento de pessoal para cargos de liderança é um processo natural.

    Apostar em sua equipe acaba eliminando uma série de etapas, além de levar em conta a fidelidade que essas pessoas possuem em sua empresa, fazendo-as permanecer em atividade.

    Um líder que está sendo formado pela própria empresa é mais do que uma figura de autoridade, é um promotor da sua marca de barras e perfis de alumínio, que auxiliará outros colaboradores a buscarem o próprio crescimento.

    O reconhecimento é uma das peças-chave para você conseguir reter talentos em sua empresa, e motivar seus colaboradores a explorar o melhor que eles tem a oferecer, em busca de oportunidades para eles.

    Uma boa forma de explorar esse elemento é identificando as competências de seus profissionais. Assim, quando você puder fazer uma ação que valorize aquele profissional e demonstrar que ele é importante, os resultados serão positivos.

    O profissional que está sendo valorizado sentirá muito mais carinho pela empresa, entendendo que ele é uma parte essencial da produção e que deve buscar sempre um quadro melhor para oferecer a empresa.

    Desenvolvendo competências

    Encontrar um profissional pronto no mercado é praticamente impossível. Ainda que você contrate alguém com muitas qualificações, existem diversos detalhes que precisam ser afirmados antes de esse profissional estar livre para trabalhar.

    Isso acontece porque cada empresa tem sua própria realidade, com elementos como:

    • Missão;
    • Valores;
    • Visão;
    • Objetivos.

    Além de uma série de outras atividades específicas para cada empresa, que as tornam únicas e diferenciadas no mercado. Isso tudo é muito importante quando você fala de liderança.

    Isso porque quando um novo talento é adicionado à sua empresa, ele ainda precisa se adaptar a todos estes elementos para conseguir efetivamente tomar decisões que ajudem a alavancar a companhia.

    Por conta disso, diversas empresas de torre de resfriamento preferem desenvolver as competências de seus colaboradores, que já estão integrados a todos estes conceitos e terão muito mais facilidade para fazer a transição.

    As ações de desenvolvimento de seus colaboradores devem ser frequentes, e sempre disponíveis para toda a equipe, conseguindo identificar não só aqueles que têm mais interesse em tomar cargos de liderança, mas também os mais capacitados.

    Acompanhar a evolução profissional de um colaborador é essencial para gerar um líder eficiente no futuro de sua companhia.

    Trabalho em equipe

    Um líder se diferencia de um chefe por saber lidar com todos seus colegas de trabalho. Enquanto um chefe dá ordens e sente-se superior aos demais, o líder trabalha junto em busca de resultados para sua empresa.

    Por isso, a resolução de conflitos acaba sendo uma das habilidades mais requisitadas de um bom líder. Ele saberá lidar com todas as questões envolvendo seus colegas e conseguirá trabalhar para buscar um objetivo em comum.

    Quando você forma um líder, está se tornando uma pessoa apta a lidar com diversas complicações a longo prazo, principalmente quando entende as possibilidades que esse profissional pode gerar para sua empresa.

    Confiança e respeito também são habilidades que podem ser treinadas, para que a liderança de seu funcionário seja feita de forma correta, sem passar por cima dos colegas de serviço e trabalhando com um bom clima organizacional.

    Em uma empresa de levantamento topográfico, a liderança precisa saber mais do que a execução do trabalho. É preciso pensar em todas as possibilidades para o crescimento da empresa, otimizando suas ações.

    Com o trabalho em equipe, o líder não fica restrito a suas ações, e pode trabalhar com o conjunto da empresa para obter cada vez mais resultados positivos.

    Feedbacks constantes

    Os feedbacks são uma das partes mais importantes do trabalho de qualquer gestor. É preciso entender não só como funcionam os feedbacks, mas as diferenças que cada modelo oferece em questões de trabalho.

    Em um ponto importante, sempre que um líder precisar dar um feedback negativo, é preciso que ele seja no privado, para evitar constrangimentos dos colaboradores e garantir que a conversa será informativa e buscando soluções.

    Um líder nunca está procurando reclamar de seu funcionário, e sim pensar junto dele em alternativas para achar a solução para esse tipo de problema, além de entender o que está impedindo o colaborador de explorar seu potencial total.

    Por outro lado, feedbacks positivos devem sempre que possível ser realizados em público, para que a equipe sinta-se valorizada e entenda que seu trabalho está sendo observado.

    O impacto de um feedback positivo em empresas de remediação de áreas contaminadas gera uma série de possibilidades para você conseguir explorar boas ações com uma liderança de qualidade.

    Ao formar um novo líder, ele precisa entender a importância do feedback, e o quanto esse tipo de ferramenta pode ser utilizado para gerar ainda mais destaque dentro da companhia.

    Tomada de decisão

    Boa parte do trabalho de um líder envolve tomar decisões. Por isso, quando você estiver formando novas lideranças em sua empresa, é muito importante que eles estejam preparados para esse tipo de atividade.

    A tomada de decisões nunca deve ser feita sobre intuições ou achismos, uma vez que isso pode prejudicar muito a companhia. Uma decisão errada pode ser desastrosa, e por isso é muito importante saber tomá-la.

    Para uma pessoa que está aprendendo a se tornar um líder, esse é um processo muito importante, que impacta diretamente sua linha de raciocínio. Uma boa estratégia é procurar entender os dados que envolvem a dúvida.

    Quanto mais informações você tiver, mais fácil será tomar decisões certeiras em sua empresa que presta serviços de infraestrutura de instalações elétricas.

    Organização de processos

    Um líder deve lidar com uma série de questões relacionadas aos processos da empresa, tanto em questão operacional quanto de recursos humanos.

    Ainda que sua equipe tenha qualidade, é preciso que estas atividades estejam bem estruturadas para você efetivamente ter um resultado de qualidade.

    Um bom gestor sabe acompanhar a movimentação do mercado, e identificar possibilidades dentro dessas questões para poder explorar em sua totalidade o mercado.

    Uma empresa de administração de construção civil que está buscando um novo líder precisa ter atenção e cuidado com a forma como seus processos são realizados para conseguir passar as informações corretas.

    Por outro lado, um profissional que está se esforçando para assumir uma nova liderança deve ser capaz de identificar falhas e gargalos nos processos, e pensar em soluções que sejam adequadas para esse tipo de ação.

    Considerações finais

    A formação de líderes é um processo que demanda muita atenção, mas que pode ser um grande diferencial para qualquer companhia que deseja se manter em alta no mercado em que está inserida.

    Por isso, entender as melhores maneiras de transformar um profissional em líder, e quais qualidades ele precisa para otimizar esse processo são fundamentais e ajudam uma empresa a entender qual caminho seguir dentro de sua estrutura.

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

  • Passo a passo essencial para montar sua loja virtual

    Por isabela  |   |  Comente »

    Criar uma loja virtual pode parecer simples, mas não se engane. Assim como um projeto para alarmes de incêndio passa por diversas fases, essa estratégia tende a ser minuciosa para não gerar equívocos.

    Foi pensando nisso, e nos gestores que desejam ter uma renda extra, que montamos este passo a passo que, certamente, facilitará sua vida. Então, se ficou curioso e quer saber melhor, continue com a gente!

    Passo 1: Escolha o nome de sua marca… isso é fundamental!

    Antes de começar, decida o nome da marca, que será repetida no domínio que comprar para seu site, para as redes sociais e etc. Muitos especialistas dirão para contratar os serviços de uma agência, mas dependendo de sua saúde financeira não será possível. Portanto, iremos ajudar você.

    • Pesquise seu público-alvo e identifique seus principais concorrentes;
    • Decida seu foco e sua voz para redes sociais, blogs e etc.;
    • Escolha o nome da empresa;
    • Crie a missão, visão e valores da marca;
    • Além do logotipo;
    • Implante sua marca em sua propriedade digital.

    Passo 2: Tenha um nome de domínio

    Então, já tem um nome para seu novo empreendimento e está pronto para progredir em sua jornada? É hora de comprar um domínio, que pode ser adquirido por meio de empresas de hospedagem ou registradores de domínio. 

    Muitas delas oferecem pacotes com profissionais que montam o site, seja do ramo de confecção de uniformes, esporte ou outros. Se nesta fase você deseja proteger um domínio, tudo bem. A chave é ter em mãos aquele que deseja.

    Passo 3: Escolha a plataforma de comércio eletrônico certa

    Selecionar a plataforma certa que seu site permanecerá é uma decisão crucial. Tudo porque, alterar a plataforma no futuro é demorado e caro. Existem três tipos principais que você pode escolher e que variam em complexidade, preço e velocidade de lançamento:

    Cada plataforma tem suas próprias vantagens e desvantagens, sendo assim, insira rótulos adesivos naquelas que ficou interessado. Confira questões como demanda, facilidade de visualizar o inventário de produtos, questão de cálculo de frete e etc.

    Se tiver um conjunto relativamente pequeno de produtos, pode ser mais econômico tentar usar um provedor de SaaS.

    Passo 4: Proteção de Dados e Termos e condições

    Ao configurar sua nova loja virtual, não se esqueça de seguir as diretrizes da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e garantir termos e condições robustos. Os principais elementos que precisa considerar incluem:

    • Política de Privacidade;
    • Política de cookies;
    • Termos e Condições;
    • Política de Utilização Aceitável;
    • Acessibilidade;
    • Troca e desistência.

    Procure aconselhamento jurídico de um profissional reconhecido e com experiência neste quesito. Coloque a proteção de dados no centro de suas estratégias e certifique-se de que sua equipe esteja a par de tudo isso ao longo da jornada.

    E, então, é só inserir os produtos e os preços e colocar seu e-commerce no ar. Com esses detalhes, certamente haverá vida longa e próspera!

    Gostou do conteúdo? Então, conte para gente nos comentários e não deixe de acompanhar as novidades no blog e compartilhar nas redes sociais.

    Este artigo foi escrito por Éder Pessôa, criador de conteúdo do Soluções Industriais.

  • 3 redes sociais ótimas para ter uma loja virtual

    Por isabela  |   |  Comente »

    As redes sociais podem ser um dos canais de marketing mais rentáveis ​​da sua empresa e se transformar em lojas virtuais. É uma excelente maneira de criar reconhecimento de marca, conectar-se com clientes existentes e gerar novos leads para preencher seu funil.

    Sendo assim, calce sua luva de vaqueta, separe quais serão os produtos que colocará em sua página e, sobretudo, esteja atento àquele app que seu público mais utiliza. Então, vem com a gente!

    1. Facebook (a rede social continua na ativa!)

    Embora muitos digam que o Facebook está fadado ao esquecimento, não há como negar que esta é a melhor plataforma para negócios disponíveis atualmente. O app conta com mais de 1 bilhão de usuários ativos e, portanto, não é surpresa que tenha se tornado uma das melhores maneiras de encontrar seu público-alvo, criar uma lista de e-mail e vender produtos com a ajuda do Marketplace. 

    Mas não é só para isso que serve.

    Também é um ótimo lugar para interagir com seus clientes depois de chamar a atenção deles. Muitos optam por criar grupos privados onde quem pagar por determinados pacotes de assinaturas poderá participar, interagir, tirar dúvidas e ter uma experiência personalizada com a marca, seja ela de cerveja artesanal, de baú refrigerado ou qualquer outra.

    2. Instagram (é nela que você deve apostar)

    Dois meses após o lançamento, em 2010, esta rede social já atingia a marca de um milhão de usuários. Agora, esse número cresceu para mais de 1 bilhão, fazendo com que o Instagram se tornasse uma das principais plataformas de rede social para negócios.

    Ele começou como uma plataforma para compartilhar fotos e ainda mantém isso como seu principal uso. No entanto, se expandiu para vídeos, com os Stories. Assim, o app se tornou uma excelente maneira de as marcas mostrarem seus produtos, valores e voz.

    Nas últimas atualizações, houve a inserção de um ícone parecido com uma sacolinha, onde é possível achar diversas lojas e marcas.

    3. Pinterest (ótimo retorno sobre seus investimentos)

    O Pinterest é tão importante para as empresas quanto uma bomba de vácuo para a limpeza dos ares condicionados. Fundada em 2009, conta com 291 milhões de usuários ativos.

    Pesquisas recentes mostraram que mais da metade das pessoas que utilizam o app são mulheres entre 25 e 54 anos. Em contrapartida, quase 40% dos novos usuários são homens (e essa tendência continua aumentando).

    Ah, e as pessoas no Pinterest estão gastando dinheiro?

    A resposta é sim! Em média, o Pinterest dá um retorno de US$ 4,3 para cada US$ 1 gasto em anúncios, o que o torna uma plataforma de publicidade mais lucrativa do que o Facebook ou o Twitter. 

    Basta uma periodicidade consistente, fotos criativas e uma estratégia para aumentar os seguidores e pronto! Com o impulso certo, você começará a ver mais tráfego e conversões em pouco tempo!

    Gostou do conteúdo? Então, conte para gente nos comentários e não deixe de acompanhar as novidades no blog e compartilhar nas redes sociais.

    Este artigo foi escrito por Éder Pessôa, criador de conteúdo do Soluções Industriais.

  • 5 tipos de tráfego e como usá-lo para gerar lucro

    Por isabela  |   |  Comente »

    Quem trabalha com marketing digital já sabe da importância de gerar tráfego para o seu negócio, é através dele que você pode conseguir resultados mais expressivos dentro da sua empresa, como o aumento de visibilidade, a divulgação de um produto ou o número de conversões. 

    Mas por mais importante que seja a geração de tráfego, muitas pessoas não conhecem totalmente, todos os tipos e recursos que essa modalidade pode fornecer, a maioria, acredita que só existem dois tipos de tráfego: o orgânico e o pago, mas na verdade, ele não se limita a isso. 

    Claro que não existem centenas de tipos, como os rótulos adesivos que podem ser até personalizados, porém, o tráfego conta com pelo menos 5 estilos diferentes, que podem ser usados para gerar mais lucro para o seu negócio. 

    No texto de hoje, iremos mostrar quais são os 5 tipos de tráfego e como você pode usar cada um para obter resultados e gerar lucro, bora conferir? Então vamos lá!

    1. Tráfego orgânico

    Abrimos nossa lista com um extremamente tradicional, o tráfego orgânico, é quando as pessoas são atraídas até o seu site de forma totalmente natural, utilizando técnicas como o SEO, e a produção de conteúdos relevantes, dessa forma, você chama a atenção do público e constrói uma relação sólida e duradoura. 

    Ele é extremamente qualificado e atualmente, é o tipo de tráfego mais comum e usado pelas marcas, para gerar lucro com ele, é preciso ter um blog e otimizar o seu conteúdo de forma geral, apostando em técnicas de SEO, produzindo conteúdos de qualidade, e buscando manter sempre uma alta relevância. 

    1. Tráfego pago

    Outro tipo de tráfego extremamente popular é o pago, diferente do orgânico, ele mira o uso de campanhas patrocinadas e o investimento de dinheiro para promover sua marca e fazer com que as pessoas acessem o seu site, independente da ferramenta utilizada, se é o Google Ads, Facebook Ads, Anúncios do Youtube e por aí vai. 

    Com ele, você consegue promover o seu produto, aparecendo no topo e ganhando prioridade na visão dos clientes, essa é uma estratégia extremamente eficaz, ainda mais combinada com o orgânico, fazendo com que você alcance um público enorme, de maneira simples e objetiva. 

    Para obter lucro, é preciso ter um certo conhecimento sobre as plataformas e montar uma campanha objetiva, afinal, recursos serão investidos, sendo assim, seja inteligente e divulgue sua injetora de plástico para o público certo, da maneira certa. 

    1. Tráfego direto

    O tráfego direto é o primeiro tipo que foge do padrão no qual estamos acostumados, nele, o usuário digitou o seu site de maneira direta, sem a influência de ninguém, nem do pago nem do orgânico, pois provavelmente, ele já conhece sua empresa de algum lugar, dessa forma, isso mostra que sua marca é forte, e mesmo sem nenhum tráfego orgânico ou pago, conseguiu fazer com que o visitante digitar seu site de maneira direta. 

    Para obter lucro com ele, é preciso focar em estratégias de branding e que reforcem sua marca dentro do mercado, busque em melhorar o seu posicionamento, e ter um nome forte, impactante e que consiga ser lembrado de maneira tão fácil, que uma simples digitação já fornece o acesso completo. 

    1. Tráfego de referência

    Outro tráfego pouco conhecido, o de referência é aquele tipo de grupo de usuários que chega até o seu site como uma espécie de indicação, podendo ser feita a partir de um outro site no qual ela já consome os conteúdos ou alguma outra pessoa de referência. 

    Existem duas formas de obter sucesso com essa estratégia, a primeira é fidelizando e trazendo uma experiência satisfatória para seus clientes, isso vai gerar reconhecimento do seu trabalho, e consequentemente, indicações e o famoso marketing boca a boca para conhecer mais sobre o seu site. 

    O segundo é fechar uma parceria na publicação de conteúdos, se você tem uma empresa de confecção de uniformes, pode ser interessante fechar algumas parcerias com negócios similares, que confeccionam outros tipos de roupa, fazendo com que você publique conteúdos em outros sites, e consiga a indicação de forma efetiva. 

    1. Tráfego social

    Por fim, temos o tráfego social, como o próprio nome já indica, ele é provido diretamente das redes sociais, então, se a sua empresa está presente no Youtube, Twitter, Instagram, Facebook, TikTok ou qualquer outra mídia digital, e atrai o público diretamente para o seu site, esse é conhecido como tráfego social. 

    O seu uso é de uma forma simples, basta produzir conteúdos para as diferentes mídias e sempre buscar indicar o seu site, seja arrastando para cima ou clicando em algum link, isso vai gerar o tráfego que você tanto deseja. 

    O que achou do texto de hoje? Já conhecia esses tipos de tráfego existentes? Comente abaixo qual a sua opinião e não se esqueça de compartilhar esse conteúdo com seus amigos e familiares, até a próxima!

    Esse artigo foi escrito por Iago Lourenço, criador de conteúdo do Soluções Industriais

  • 5 principais estratégias de marketing para aplicar em seu negócio

    Por isabela  |   |  Comente »

    Investir em marketing tornou- se algo extremamente comum nos dias de hoje, praticamente toda empresa que deseja alcançar o sucesso, investe em alguma estratégia dessa área, independente qual seja.

    Ter o melhor produto ou serviço nem sempre é garantia de sucesso, mas saber divulgá-lo para as pessoas certas e montar campanhas que alcancem os objetivos pode trazer muito mais prosperidade e eficiência dentro de qualquer empresa. 

    Em um mercado cada vez mais aquecido, qualquer detalhe pode fazer a diferença, assim como a criação de rótulos adesivos, que personalizados podem ser mais eficientes, o marketing também costuma funcionar melhor com as estratégias certas. 

    Pensando nisso, separamos as 5 principais estratégias de marketing para você conseguir aplicar em seu negócio, bora conferir mais sobre elas? Então vamos lá!

    1. Marketing de Conteúdo

    Como o próprio nome já indica, o marketing de conteúdo consiste em uma série de ações e estratégias voltadas para o compartilhamento de conteúdos relevantes e a atração do público através deles, construindo um relacionamento de confiança, e se tornando uma autoridade dentro do seu segmento usando justamente, os seus conteúdos.

    Essa é uma estratégia que costuma fazer bastante sucesso, gerando tráfego orgânico, e chamando a atenção das pessoas utilizando basicamente, apenas o conteúdo produzido, vale ressaltar que, é necessário caprichar naquilo que você produz, apresentando uma alta qualidade e relevância no tema e na sua produção de modo geral. 

    1. Inbound Marketing

    Outra estratégia fundamental é o Inbound Marketing, esse que pode ser considerado como o oposto do marketing tradicional, já que, quando falamos sobre essa área, estamos habituados a ver as empresas indo até os clientes, certo? Através de propagandas e estratégias mais diretas. 

    Com o Inbound, isso acaba se invertendo, são os clientes que chegam até a empresa, mesmo que o conceito do negócio ir até o consumidor seja algo básico, funcionando como o oxigênio medicinal do marketing, o inbound quebra isso, fazendo com que o próprio consumidor procure sobre informações da empresa. 

    1. Redes Sociais

    Você conhece alguém que não usa as redes sociais? Sua resposta provavelmente foi negativa, já que atualmente, é praticamente impossível pensar em alguém que não utilize nenhuma mídia digital. 

    Sendo assim, o marketing atua de maneira efetiva dentro das redes, se a sua empresa tiver uma página em diferentes mídias, produzir conteúdos de qualidade, gerar engajamento e buscar sempre aumentar seu alcance, então o marketing de redes sociais já pode estar sendo executado com sucesso. 

    Facebook, Instagram, Youtube, Twitter e Linkedin, são alguns exemplos de redes que fazem sucesso, e que podem ser muito bem aproveitadas dentro de qualquer negócio. 

    1. SEO

    O Search Engine Optimization, é uma das estratégias mais populares em blogs e sites, ela consiste na mescla de diversas ações diferentes visando o aumento da popularidade da empresa, fazendo com que ela alcance o topo das pesquisas nas plataformas de busca, como o Google, por exemplo. 

    Off Page e onpage, a utilização de palavras-chave, linkbuilding, metatag, uso de imagens e outras mídias, entre outros, são alguns exemplos de técnicas de SEO que devem ser aplicadas para obter sucesso. 

    Ele garante um ótimo resultado em tráfego orgânico, e faz com que você consiga ter sucesso ganhando visibilidade e chamando a atenção do seu público, se destacando por estar sempre no topo das pesquisas. 

    1. Anúncios

    Foi-se o tempo em que os anúncios eram feitos em banners, panfletos e caixa de papelão, claro que, o tradicional ainda pode servir, mas atualmente, os links patrocinados e a mídia paga, são os que geram resultados mais expressivos. 

    Divulgar seus produtos pagando um pouco para ganhar prioridade, é uma ótima forma de fazer sucesso com o marketing, seja nas redes sociais ou no Google, essa é uma boa alternativa para quem deseja ter uma boa visibilidade a um custo não tão alto. 

    O que achou do texto de hoje? Quais estratégias de marketing você usa no seu dia a dia? Comente abaixo qual a sua opinião e não se esqueça de compartilhar com seus amigos e familiares caso tenha gostado do conteúdo, até a próxima!

    Esse artigo foi escrito por Iago Lourenço, criador de conteúdo do Soluções Industriais

  • Influenciadores digitais: como utilizar em sua estratégia

    Por isabela  |  19/08/2022  |  Comente »

    Os influenciadores digitais estão cada vez mais ganhando espaço no mercado, e algumas estratégias de marketing, como um mobile promocional, são planejadas especificamente para o trabalho em conjunto com estes perfis.

    O mundo tem passado por um importante processo de acesso à tecnologia, conhecido como transformação digital. Nele, uma série de recursos importantes para o consumo de material digital tem se tornado cada vez mais popular, iniciando uma série de novas opções.

    Dentre estas opções de engajamento com o mercado estão os influenciadores digitais. Estas figuras são pessoas que têm um forte poder de persuasão e atraem muitos seguidores em seus canais de comunicação para apresentar produtos e serviços.

    Os influenciadores digitais, diferente de veículos de mídia mais tradicionais, dialogam diretamente com seu público, e não como se fosse uma instituição à parte. Por conta disso, muitas pessoas acabam se identificando com os influencers.

    Algumas dessas pessoas já possuem hoje o status de celebridade e direcionam milhões de usuários para apresentar produtos e serviços que os contratam para fazer propaganda.

    O alcance desse tipo de engajamento extrapola muito qualquer outra técnica para sua empresa que fabrica acoplamento elástico tipo pneu, por exemplo.

    Entretanto, estes influenciadores maiores nem sempre são a melhor solução para sua empresa, sobretudo se você busca conversão. Embora as celebridades sejam ótimas para divulgar sua marca, nem sempre elas apresentam um retorno satisfatório.

    Neste caso é interessante trabalhar com a figura dos microinfluenciadores, pessoas com um alcance menor, mas muito melhor segmentado e direcionado.

    Normalmente estes influencers menores possuem uma base de fãs mais fiel, disposta a ouvir o que eles têm a dizer sobre um produto e com chance muito maior de procurar a marca e fazer um teste para avaliar se é do interesse deles.

    Em um mercado cada vez mais competitivo, saber se destacar é fundamental, e por isso a figura do influenciador acabou se tornando cada vez mais importante para as marcas, já que ele é capaz de levá-las até o público procurando por gerenciamento de frota agrícola.

    A maioria das pessoas hoje possui alguma forma de conexão à internet, seja através de computadores e notebooks ou tablets e smartphones, por isso a maior parte da população está constantemente conectada.

    De todo o tempo que um usuário comum passa na internet, a maior parte dele é navegando em redes sociais e outras plataformas de interação, que são o campo de trabalho do influenciador digital.

    Por isso essas figuras acabam se tornando muito conhecidas, em alguns casos até mesmo internacionalmente. O trabalho com influenciadores pode elevar muito a quantidade de vendas que sua empresa de alto falante 8 polegadas para line array pode realizar.

    Pensando nisso, a maioria das empresas e agências de marketing começaram a efetivamente inserir o trabalho desses influencers como parte de sua estratégia para atingir o mercado com mais qualidade.

    O marketing de influência surgiu dessa necessidade, identificando todo o potencial que estas pessoas podem gerar ao trabalhar diretamente com sua empresa e o quanto um bom influenciador pode movimentar a favor de sua empresa de transfer para aeroporto.

    Conhecer este tipo de trabalho pode colocá-lo à frente de seu segmento de atuação, atingindo novos públicos e gerando o interesse real em comprar os produtos ou serviços que você está oferecendo ao mercado.

    Para avaliar um influenciador, algumas questões são particularmente importantes, em particular o alcance que ele atinge, a ressonância e a relevância de seu conteúdo. Assim você identifica melhor como utilizar esse tipo de profissional em seus negócios.

    Como usar o influenciador digital em sua estratégia?

    Agora que você conhece um pouco mais sobre a influência digital e os atores envolvidos nesse processo, é importante entender como isso pode afetar sua empresa, principalmente se você deseja trabalhar com o marketing de influência.

    O primeiro passo é entender que cada companhia é única no mercado, e que nem sempre você terá o mesmo resultado que outra empresa, ainda que ambos estejam usando um mesmo influenciador digital.

    Por isso é muito importante saber identificar cada tipo de influenciador e o que ele pode fazer para otimizar ainda mais seus resultados na venda de película antivandalismo automotiva, garantindo uma boa estrutura de comunicação com o público.

    Celebridade Top

    O influenciador celebridade é aquele que possui um alcance expressivo, bem como uma alta ressonância. Isso porque ele consegue afetar um número muito grande de pessoas com sua conta, normalmente na base de vários milhões de seguidores.

    Esse tipo de influenciador normalmente trabalha com conteúdos mais genéricos, e é ideal para apresentar sua marca para o maior número possível de usuários. Entretanto, ele tem uma relevância muito mais baixa que outros profissionais.

    Isso porque o grupo de seguidores da celebridade é tão diverso que não é possível direcionar as vendas a um público em particular, e por consequência você pode acabar muitas vezes reduzindo suas oportunidades.

    Celebridade Fit

    Esse segundo perfil também é considerado uma celebridade por ter seguidores na casa dos milhões, embora seja consideravelmente menor que o primeiro perfil. Este é um influenciador que tem potencial de ressonância, mas também é muito relevante.

    Normalmente esse tipo de celebridade trabalha com um segmento em específico, como:

    • Moda;
    • Culinária;
    • Mundo Geek;
    • Cinema e TV.

    Por conta disso ele pode alcançar muitas vendas para sua empresa em uma ação publicitária. O único revés desse perfil é que ele normalmente possui um custo elevado.

    Isso significa que não são todas as companhias que têm condições de contratar um profissional como esses para fazer uma ação, e em alguns casos pode não render a quantia desejada para esse tipo de ação.

    Se você pretende um engajamento de qualidade dentro do marketing de influência e tem o capital para investir, esse é o melhor custo-benefício que sua empresa de serviço de transporte de veículos conseguirá com um influenciador.

    Autoridade

    O influencer autoridade tem uma escala muito menor que os anteriores, mas ele possui um grande diferencial: a qualificação. Uma autoridade é muito mais qualificada para fazer propaganda sobre seu produto ou serviço.

    Normalmente o influenciador autoridade possui algum tipo de diploma ou certificado que o coloca nessa categoria, e o público costuma confiar nas opiniões deste profissional, que muitas vezes são embasadas em pesquisa de qualidade sobre seu material.

    O influenciador autoridade costuma ser respeitado até mesmo por outros profissionais da área, tornando sua empresa um foco para aquele grupo de pessoas em particular.

    Trendsetter

    O termo, que vem do inglês e significa, em uma tradução direta, “criador de tendências”, é um influenciador que normalmente é envolvido em causas e discussões, e tem um perfil com muita atitude.

    Esse tipo de influenciador normalmente é firme em seu posicionamento, e por isso é importante que a empresa também esteja em sintonia com relação às ideias apresentadas pelo profissional.

    O engajamento desse tipo de influenciador dialoga diretamente com as causas que ele defende e acredita, o que pode acabar ampliando consideravelmente suas possibilidades quando lidar com esse público em sua empresa.

    Jornalista

    O jornalista é um influenciador por essência. A própria profissão do jornalismo trabalha muito com isso, e diversos profissionais da área entendem a importância de trabalhar em canais digitais para otimizar seus resultados.

    Um bom influenciador jornalista é pautado nas mesmas bases que o jornalismo convencional, de pesquisa, análise de fontes e apresentação de material informativo e interessante para seus seguidores.

    Muitos desses profissionais possuem carreiras em jornais, revistas e televisão, e utilizam seus perfis digitais como um adicional de seu trabalho como um todo.

    Microinfluenciador

    O microinfluenciador é aquele que possui um público muito menor que as celebridades, normalmente atingindo até uma marca de 8 a 10 mil seguidores. Entretanto, o que esse tipo de perfil perde em alcance, ganha em relevância.

    O público de um microinfluenciador é muito mais propício a consumir os itens que são apresentados por ele, pois seguem a pessoa por suas opiniões e confiam em indicações e apresentações realizadas por ele sobre onde comprar água de caminhão pipa.

    Além disso, muitos microinfluenciadores possuem um impacto forte em uma determinada região geográfica, sendo uma excelente escolha para pessoas que querem mais movimento em seus espaços físicos.

    Considerações finais

    Trabalhar com influenciadores digitais pode ser muito vantajoso para sua companhia, mas é importante entender a grande variedade de profissionais no mercado e qual deles se adequa mais ao tipo de propaganda que você deseja realizar.

    Dessa maneira, você otimiza os processos de comunicação com o público e consegue atingir uma quantidade de pessoas muito maior que o normal, garantindo uma estrutura de qualidade em suas interações.

    Quanto mais você conseguir trabalhar com estes recursos, maior é o impacto que o mercado terá sob sua publicidade, garantindo um espaço de liderança em seu nicho de atuação.

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

  • Dicas para ter um crescimento orgânico para seu site

    Por isabela  |   |  Comente »

    Obter um crescimento orgânico está entre os principais objetivos de quem trabalha com os canais digitais, já que esse tipo de performance digital está associada a todo um nível de sucesso comercial que um empreendimento pode alcançar dentro de sua área particular.

    Mas para se ter acesso a tais objetivos é importante saber como trabalhar com diversos conceitos que estão disponíveis na internet, já que da mesma forma em que os canais digitais podem levar a diversos benefícios, eles são também canais de grandes desafios.

    Principalmente se levarmos em conta o alto número de empresas que hoje podem ser encontradas na internet. Isso tudo em um cenário no qual está presente na internet deixou de ser uma mera oportunidade, tornando-se também uma obrigação para vários mercados.

    Isso ao levar em conta a busca do público por um termo específico, como uma empresa de cameras de segurança sp, facilitando a relação desse tipo de companhia com essa audiência, enquanto empresas fora da internet são deixadas longe dessa oportunidade.

    Ou seja, estar fora do campo digital pode significar até mesmo a falência de um negócio, levando a conta a dificuldade a ser encontrada em relação à possibilidade de se conectar com os seus clientes, levando em conta o número crescente de usuários na rede.

    E se é função do mercado ir atrás do seu público, é preciso então saber como destacar a sua fábrica de bico de bunsen elétrico preço dentro desses canais digitais, de forma a estabelecer uma melhor relação com a sua audiência, para dessa maneira obter bons resultados.

    Mas para se obter tal aproximação no mercado é preciso contar com algo de especial em sua rede de comunicação, como conteúdos adequados às expectativas de um público em particular, ampliando assim a atenção dessa audiência aos seus serviços.

    O que nos leva diretamente às oportunidades possíveis de serem acessadas para quem possui um canal exclusivo dentro da internet, tal como ocorre com a gestão de um site em particular.

    A gestão de um site e suas formas de acesso

    Estar presente nas redes sociais é hoje algo essencial para que um negócio consiga  se destacar positivamente no mercado, estabelecendo assim uma conexão ampla a diferentes públicos que podem estar disponíveis em cada perfil social.

    Inclusive, as oportunidades presentes nessas plataformas digitais ocorrem justamente por se tratarem de canais onde tanto o público como as empresas podem interagir entre si, com a participação das redes sociais como um elemento de conexão entre esses dois campos.

    No entanto, para que companhias de serviços diversos, como empresas de serviços de usinagem, conseguirem estabelecer uma melhor relação com seus respectivos públicos, se torna necessário também contar com um canal exclusivamente seu.

    Um espaço onde seja possível fornecer informações de maneira específica, com intermédio de uma plataforma própria, onde é viável a construção da melhor forma possível de comunicação, ao invés de estar restrito às regras gerais das redes sociais.

    Cenário diferente em relação à gestão de um site, local em que é possível trabalhar com diferentes objetivos, usando dos seus canais específicos para a realização de vendas, como também para a publicação de conteúdos que sejam de interesse de sua audiência.

    No entanto, também de pouco adianta contar com um site bem estruturado se essa plataforma não está otimizada para receber o acesso dos usuários na internet, de acordo com as suas características de divulgação, por exemplo.

    E quando se fala sobre os meios de acesso a uma plataforma, quatro variações acabam por se destacar, sendo eles os tráfegos de perfil:

    Tráfego orgânico

    Um dos principais meios de tráfego na internet. Essa especificidade está associada à maneira com que os usuários passam a acessar um site de maneira espontânea, acessando um site de receitas após pesquisar por produção de macarrão caseiro.

    Um acesso orgânico está associado a conexão natural a ser formada entre um usuário em um site, sem a necessidade de trabalhar com anúncios ou coisas do tipo, já que esse tipo de aplicação está alinhada a outro modelo de tráfego.

    Tráfego pago

    Esse modelo específico de tráfego trabalha com a veiculação de anúncios que aumentam a visibilidade de um site na internet, aumentando assim as suas possibilidades de conexão na internet, um sistema tradicional de veiculação de anúncios, porém atuando na internet.

    Tráfego social

    Os modelos de tráfego na internet trabalham diretamente com a forma em que um público passa a ter acesso a uma plataforma digital, fazendo então com que o modelo social esteja associado a um direcionamento conquistado por meio de publicações nas redes sociais.

    Tráfego referencial

    Enquanto isso, o modelo referencial trabalha com um encaminhamento possível de ser conquistado a partir do conceito de link building, que ocorre quando o endereço de um site é citado por meio de um link presente em um conteúdo de outro site.

    Como o site de uma associação de proteção dos animais, cujo endereço pode ser acessado após ter o seu link divulgado em uma matéria sobre a função de um plano básico de gerenciamento de risco de fauna.

    Todos esses modelos de tráfego são importantes para que uma plataforma digital alcance certa posição na internet, aumentando dessa forma o número de acessos a um site, na mesma medida em que a sua performance na internet pode se expandir.

    Mas dentro dessas possibilidades existe um modelo específico a se destacar que é o formato orgânico, é isso se dá por causa das vantagens comerciais que podem ser acessadas a partir do trabalho com esse tipo de conexão nas redes.

    Benefícios do tráfego orgânico

    Conforme citado anteriormente, contar com um amplo número de acessos por meio das estratégias de tráfego pode aumentar o destaque a ser conquistado por um site. Mas quando se fala em particular sobre o formato orgânico, existem benefícios próprios, como:

    • Melhor custo-benefício;
    • Maior relacionamento com o público;
    • Possibilidade de expansão de alcance;
    • Relevância conquistada por um site.

    Um conjunto de vantagens na internet que pode fazer com que um fornecedor de equipamentos específicos, como uma máquina para cortar cana inteira, prefira trabalhar com esse tipo de tráfego diante dos seus benefícios a serem acessados.

    Mas para garantir um destaque de forma orgânico é preciso saber como trabalhar com algumas aplicações que garantam o sucesso do seu empreendimento de forma espontânea dentro desse tipo de plataforma.

    Formas de potencializar o seu crescimento orgânico

    Para ampliar as possibilidades de alcance orgânico de um site é preciso ter atenção a diferentes aplicações e estratégias que vêm sendo adotadas por diversos empreendimentos, todos em busca de se destacarem dentro desse campo digital.

    O que acaba por ampliar a competitividade possível de ser encontrada na internet para os mais diversos e específicos tipos de serviços comerciais, como um revestimento de cilindros para máquinas ou até mesmo um modelo em particular de uma peça de roupa.

    Para quem trabalha com esse tipo de produtos obter o maior número de visitas orgânicas ao seu site, as seguintes possibilidades devem ser consideradas:

    Marketing de conteúdo

    Trabalhar com a disposição de diferentes tipos de conteúdos pode garantir uma atenção diferenciada por parte do público, sem necessariamente ser preciso com a divulgação de um produto ou serviço, mas servindo conteúdos importantes para o seu público.

    Sendo assim uma forma de aumentar os acessos orgânicos ao seu site, abrindo espaço para que estratégias comerciais sejam posteriormente elaboradas. 

    SEO

    O marketing de conteúdo também tem uma função na sua performance de SEO, configuração voltada a destacar a visibilidade de um site para os mecanismos de busca na internet.

    Conceito que pode aumentar o número de acessos orgânicos do site da sua clínica de atestado médico ocupacional, como ao utilizar palavras-chave que chamem a atenção de quem procura se informar sobre o assunto, aumentando também a visibilidade de tal site.

    E-mail marketing

    O número de acessos orgânicos está diretamente associado à percepção do público a uma empresa em particular, com essa relação podendo ser trabalhada através de um sistema de e-mails, criando uma proximidade que leve a melhores resultados orgânicos futuramente.

    Criação de personas

    Independentemente das ações adotadas para aumentar a visibilidade orgânica de um site, é importante contar com uma adequação de conteúdo para o público ao qual um projeto busca se associar, destacando a relevância de contar com a criação de uma persona.

    Um personagem que reúna características gerais do seu público, facilitando a criação de conteúdos específicos para essa audiência almejada, o que a longo prazo pode aumentar a conexão orgânica de um site com o seu número de usuários.

    Sendo assim opções a serem consideradas por quem busca destacar o seu perfil digital, ampliando os acessos do seu site por meio de estratégias orgânicas, sem a aplicação direta de dinheiro, como ocorre com o tráfego pago, recorrendo somente a boas táticas de gestão.

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

  • Quais vantagens em ter um site

    Por isabela  |   |  Comente »

    Ter um site é algo extremamente comum nos dias de hoje, afinal, são mais de 2 bilhões de páginas espalhadas pela web com conteúdos dos mais diversificados possíveis, se tratando desde reviews de jogos de videogame até mesmo dando dicas de como montar uma boa decoração usando apenas uma caixa de papelão

    Mas o site vai muito além de funcionar apenas como um blog informativo, ele representa a vitrine de uma empresa, mostrando os dados mais importantes de um determinado negócio, suas informações básicas, e trazendo relevância para aquela marca. 

    É através do site, que um empreendimento consegue ter destaque, aparecer na web, e mostrar ao público um pouco mais sobre sua área de atuação, atividades e segmentos que está inserido, ter um site atualmente, é algo básico para qualquer negócio. 

    No texto de hoje, nós listamos as principais vantagens de ter um site, depois de ler esse texto, você com certeza vai correndo montar o seu, bora conferir mais sobre? Então vamos lá!

    Seu negócio ganha visibilidade e é encontrado de forma fácil

    De acordo com dados da Internet Live Stats, ocorrem cerca de 3.5 bilhões de pesquisas diárias dentro do Google, o que representa um alto volume de pessoas conectadas, dos 81% da população brasileira que tem acesso a internet, a maioria utiliza uma plataforma de busca para procurar sobre alguma coisa como uma bomba de vácuo para ar-condicionado ou se informar sobre determinado assunto. 

    E é claro que, a partir do momento em você tem um site, começa a ganhar mais visibilidade, deixando a sua página disponível para ser encontrada por qualquer usuário que entre dentro da web, isso é claro, faz com que sua empresa tenha a chance de alcançar um público que jamais sonhou em alcançar, além de ser encontrado de forma muito mais fácil, simples e prática.

    Aumenta a credibilidade e o fortalecimento da marca

    Em um mercado cada vez mais concorrido, a credibilidade de uma marca muitas vezes é o ponto de desempate em grande parte das situações, e ter um site pode te ajudar nessa jornada. As pessoas passam a respeitar mais a sua empresa ao conseguirem acessar a sua página na web, vendo suas informações, e transmitindo um tom de confiança. 

    Além disso, o conteúdo postado dentro do site também fortalece a marca, e faz com que sua empresa se consolide cada vez mais dentro do mercado, se tornando uma verdadeira referência para qualquer usuário. 

    Aumenta e serve como um portal de vendas

    Ter um site influencia diretamente nas vendas da sua empresa, principalmente em dois fatores: o primeiro é que ele costuma aumentar o número de conversões, já que, devido a alta visibilidade e a credibilidade que citamos nos tópicos anteriores, a tendência é atrair um novo público disposto a conhecer e comprar seus produtos. 

    O segundo ponto é de que, o site pode servir como um portal de vendas, o que torna o processo mais prático, e faz com que você consiga vender seus produtos de forma online, ou pelo menos fazer a divulgação de seu serviço de manutenção de elevadores dentro da sua página. 

    Melhore o relacionamento e no atendimento ao público

    Os canais de comunicação digitais tem se tornado cada vez mais comuns e requisitados dentro do nosso cotidiano, e é claro que, ter um site, ajuda a aprimorar a sua presença digital e melhorar o seu relacionamento e atendimento com o público. 

    Dentro dele, você pode colocar informações de contato como whatsapp e e-mail, que geram uma aproximação, além é claro, de postar notícias sobre sua empresa, também é possível instalar um chat para as pessoas tirarem suas dúvidas, o que ajuda e muito, a aproximar sua marca dos seus usuários. 

    Mensura os seus resultados de forma segura

    O mundo atual é movido por dados, e a coleta constante de informações, pode fazer total diferença dentro de qualquer estratégia, e a sua própria página também ajuda nesse sentido.

    Ele é capaz de fornecer o número de visitantes, o tempo que o usuário passa na sua página, a taxa de conversão, de rejeição, os cliques, abas mais acessadas e muito mais, o que ajuda a entender melhor o perfil do seu cliente e que auxilia para bolar as melhores estratégias de marketing digital. 

    O que achou do texto de hoje? Comente abaixo qual a sua opinião e não se esqueça de compartilhar com seus amigos e familiares caso tenha gostado, até a próxima!

    Esse artigo foi escrito por Iago Lourenço, criador de conteúdo do Soluções Industriais

  • Como tornar sua startup conhecida e conseguir patrocínios

    Por isabela  |   |  Comente »

    Nos últimos 6 anos, as startups cresceram mais de 300% no Brasil e atualmente, são um dos tipos de negócios mais populares do mercado contando com 13.552 empresas espalhadas pelo território nacional, se tornando mais comuns do que rótulos adesivos em embalagens. 

    Com toda essa popularidade e crescimento dentro desse segmento, a disputa por espaço também aumentou consideravelmente, e ter uma startup pode não ser o suficiente para alcançar o sucesso, é preciso se consolidar dentro desse mercado. 

    Mas, sabemos que nem sempre essa é uma tarefa fácil, e quem costuma ajudar essas ideias de baixo orçamento são justamente as grandes marcas, os patrocinados e os investidores, que depositam recursos e acreditam em projetos de startups, fazendo esse mundo crescer cada vez mais. 

    Pensando nisso, no texto de hoje nós vamos mostrar para você como tornar sua startup conhecida dentro do mercado e conseguir patrocínios para que ela suba de nível cada vez mais, bora conferir? Vamos lá!

    Esteja presente no ambiente digital

    A primeira maneira de ser conhecido e ampliar suas chances de conseguir patrocínios é garantindo presença dentro do ambiente digital, as startups costumam nascer da tecnologia, então nada melhor do que usar ela ao seu favor para divulgar mais sobre seu negócio. 

    Se movimente nas redes sociais, esteja presente nos diferentes canais de comunicação, também é importante que monte um blog e aposte no bom e velho email, todas essas ferramentas ajudam a se conectar com o público e mostrar um pouco mais sobre a sua ideia, o seu projeto e como você está o desenvolvendo. 

    Participe de eventos

    As startups são comuns na atualidade, assim como uma bobina de papel dentro de qualquer negócio, e isso faz com que vários eventos sejam criados voltados para esse segmento, eles podem ser a chance de mostrar sobre o seu trabalho e atrair a atenção de potenciais patrocinadores, ainda mais agora em um período pós-pandêmico onde os eventos voltaram com força máxima. 

    Alguns nomes comuns de eventos que vale a pena pesquisar são: CASE (Conferência Anual de Startups e Empreendedorismo), Circuito Startup e Startup Weekend, dê uma olhada nesses e em outros que podem surgir no decorrer do ano. 

    Elabore um plano de negócios robusto

    Apenas uma boa ideia pode não ser o suficiente para ser reconhecido e atrair patrocínios até o seu negócio, muitas vezes é preciso ter algo a mais, e é exatamente aí que entra o plano de negócios. Ter um planejamento robusto chama a atenção e faz com que você ganhe notoriedade e reconhecimento na sua área.

    Procure elaborar um plano robusto, extremamente informativo, que mostre que você tem visão e sabe o que deseja fazer com a sua startup, coloque seus produtos, serviços, suas ideias,e como planeja se desenvolver, isso com certeza traz segurança para os potenciais patrocinadores. 

    Desenvolva uma boa apresentação e mostre os benefícios de te patrocinar

    Além do plano de negócios, é importante também, desenvolver uma boa apresentação e mostrar quais são os benefícios para quem deseja te patrocinar, procure contar um pouco sobre sua startup, seus objetivos, sua criação, suas ideias e por aí vai, seja criativo e capriche em algo cativante. 

    Nos benefícios, mostre dados concretos, resultados, projeções, e procure convencer o patrocinador de que aquilo é uma boa ideia, e de que a sua bomba de vácuo para ar-condicionado, pode revolucionar o mercado da refrigeração e ser um ponto benéfico para quem está cedendo recursos. 

    Experimente plataformas de captação de recursos e de apoio das aceleradores de startups

    Por fim, existem inúmeras formas de encontrar potenciais patrocinadores, entre eles temos justamente as plataformas de captação de recursos e o apoio das aceleradores de startups, o primeiro consiste em diversas páginas onde as pessoas podem ver as ideias e realizar seus investimentos, sendo ótimas para ganhar visibilidade e atrair patrocínio, entre as principais temos: Wefunder, AngelList e CircleUp.

    Já o segundo são organizações que ajudam startups, ou seja, essas corporações procuram de forma frequente, potenciais negócios para investirem seus dinheiro, entre as principais temos: ACE, Cesar Labs e Baita.

    O que achou do texto de hoje? Deixe sua opinião nos comentários abaixo e não se esqueça de compartilhar com seus amigos e familiares caso tenha curtido o conteúdo, até a próxima!

    Esse artigo foi escrito por Iago Lourenço, criador de conteúdo do Soluções Industriais