Como preparar o seu e-commerce para a black friday?

Por Mais Empresas  |  27/10/2020  |  Comente »

Enquanto a black friday é só mais uma data para algumas empresas, outras conseguem extrair uma gama de oportunidades e vantagens no período.

Afinal, a black friday é um dos maiores dias de compras do ano – e, também um dos momentos mais esperados pelos e-commerces -, por isso, cada vez mais estratégias surgem para chamar a atenção dos clientes e ter sucesso nas vendas.

Ou seja, para os e-commerces, a black friday se tornou uma grande oportunidade de gerar receita.

No entanto, a pergunta que muitos empreendedores costumam fazer quando se está próximo à black friday é: como se preparar e quais estratégias utilizar?

Primeiro de tudo, não se pode basear as suas chances de vendas na mera expectativa da data.

Se você tem um site de tratamento de água industrial, por exemplo, é essencial se programar, realizar um planejamento e planejar boas campanhas para a data.

Uma vez que a concorrência está cada vez mais acirrada, o e-commerce com mais destaque é que vai gerar mais vendas.

E para te ajudar a se diferenciar na black friday, nós elaboramos este post e vamos te explicar todos os detalhes do assunto.

Continue lendo e saiba de algumas boas práticas para você preparar o seu e-commerce para a black friday. Vamos lá?

1. Planeje suas promoções para a black friday

Um dos pontos mais importantes para preparar o seu e-commerce na black friday é com um bom planejamento de promoções.

Pense que a principal atração da data são justamente os descontos e promoções e descontos aplicados em serviços e produtos diversos.

Sendo assim, até mesmo se você atua em ramos mais específicos, como em serviços de dobra de chapa, entre outros, as promoções e descontos não podem faltar.

No entanto, não vá além do seu limite. Calcule sua demanda e analise a viabilidade de produtos em seu estoque.

Por fim, também é muito importante quais serão os produtos e serviços principais ofertados na black friday. Mantenha apenas um ou alguns poucos padrões de descontos para que os consumidores não se sintam confusos na hora da compra.

2. Confira sua infraestrutura

Apesar de ser uma dica indispensável, muitos empreendedores acabam deixando-a de lado. Como resultado, as estratégias elaboradas podem não trazer retorno algum.

Ao contrário de uma loja física, a infraestrutura de um e-commerce está relacionada ao tráfego de visitantes, servidores, hospedagem, segurança de dados, entre outros.

No entanto, lidar com a infraestrutura online pode ser ainda mais desafiante. Afinal, não é possível controlar os visitantes que entram e saem da plataforma.

Sendo assim, verificar com antecedência se o seu servidor possui capacidade para suportar um grande tráfego em seu e-commerce é essencial.

Analise também a hospedagem da sua plataforma. Se o seu provedor for terceirizado, entre em contato com o fornecedor para alertá-los sobre a chegada de um aumento de tráfego na data do black friday.

3. Pense no frete grátis na black friday

Ao contrário do que muitos imaginam, o frete é um dos grandes responsáveis pelo cancelamento de compras. Isso, pois, ao ver que o preço final está muito alto, o consumidor opta por comprar os determinados produtos e serviços em outro site.

Além disso, muita gente também acaba desistindo de comprar em um e-commerce para comprar em uma loja física.

Sendo assim, uma dica interessante é preparar o seu e-commerce para oferecer frete gratuito.

Se você tem um e-commerce e vende produtos como motor elétrico usado, é possível oferecer frete grátis apenas se o consumidor ultrapassa um percentual de valor em compras, por exemplo.

4. Divulgue suas promoções

De nada adianta planejar, analisar e desenvolver promoções e descontos diversos, se o seu e-commerce não é visível para seu público-alvo, não é mesmo?

Por isso, é fundamental promover ações e campanhas para divulgar a sua marca neste período. Alguns exemplos de estratégias de divulgação é o e-mail marketing, divulgação em redes sociais, links patrocinados, marketing de conteúdo, parcerias com empresas do seu ramo de atuação, entre outros.

Agora que você já sabe como é possível preparar o seu e-commerce para a black friday de 2020, o que acha de aplicar essas dicas agora mesmo e ter sucesso nesta data? Gostou do nosso conteúdo? Conta pra gente!

Esse artigo foi escrito por Rafaela Ricardo, Criadora de Conteúdo do Soluções Industriais.

Nenhum comentário ainda.

Deixe seu comentário: