• Entenda a importância de cadastrar sua empresa nos diretórios na internet

    Por Mais Empresas  |  20/03/2017  |  Comente »

    Para quem não tem conhecimento, os diretórios são websites com um catálogo onde estão listados vários sites classificados por temas. Existem muitos benefícios para as empresas estar em um diretório, principalmente para terem maior alcance dentro das páginas de pesquisa, como o Google.

    Existem vários tipos de diretórios na web que diferenciam seus campos por âmbito de utilização. Como para sites, empresas, locais, setoriais ou de artigos e são muito utilizados para melhorar o alcance de resultados nas pesquisas feitas na internet.

    Os diretórios de empresas são muito semelhantes com os de websites, mas a diferença é que por serem destinados exclusivamente às empresas, não é necessário ter um site para se cadastrar, só precisa ter os dados específicos do negócio, como o número do contribuinte, telefones, informações sobre a atividade e outros.

    Normalmente o registro e a inclusão do site ou da própria empresa no diretório obedece a determinados critérios e criação para o perfil, que contenha informações necessárias para constar nas listas de forma apropriada. E antes de tudo é preciso preparar previamente o processo, para tudo ocorrer de forma rápida.

    Existem três tipos de diretórios para que possa ser feito o cadastro

    Os diretórios de inscrição gratuita caracterizam-se pelo processo de registro e inclusão sem taxas. A troca de links é opcional neste caso, ou seja, não necessita ter um link no site para ser incluído, normalmente é necessário cumprir os critérios de inclusão e esperar ser aprovado pelo gestor.

    Nos diretórios de inscrição paga o cadastro dependente de pagamento para a permanência na lista, que é feito periodicamente, além de ter a opção de destacar o site ou a empresa nas buscas da internet. E por fim os diretórios de links recíprocos, que neste tipo a inscrição é gratuita, mas precisa ter uma troca, ou seja, o site só é incluso se no registro indicar um link recíproco que tem que estar previamente na página. Por isso além de criar um site para o seu negócio, cadastrá-lo nos diretórios é uma ferramenta para ganhar destaque na internet. 

  • A importância do mobile para sua empresa

    Por Mais Empresas  |  17/04/2013  |  1 comentário »

    O mercado mobile para empresas está se destacando cada vez mais. Com a facilidade do acesso à banda larga em telefones celulares e a popularização dos smartphones e tablets, as empresas vem se adaptando as necessidades e demanda de seu publico, que atualmente estão conectados e interagindo a todo o momento com aplicativos e sistemas compatíveis a tecnologia.

    A promessa de crescimento e a procura das empresas para se adequar as necessidades do mercado é cada vez maior, porém a maioria das empresas ainda desconhecem a infinidade de benefícios que este mercado móvel pode oferecer. Continue lendo…

  • Código de autorregulamentação de e-mail marketing

    Por  |  31/10/2012  |  1 comentário »

    É recomendável a leitura na íntegra do Código de Autorregulamentação para a Prática de E-mail Marketing. Mas, para facilitar o entendimento ajudar a adequação das empresas às normas previstas no Código, segue abaixo uma lista dos principais itens comentados:

    1 – Para quem posso enviar e-mail marketing?
    O Código estabelece que as bases devem ser opt-in ou soft opt-in. Ou seja, os destinatários devem ter solicitado o recebimento das mensagens enviadas (opt in). Ou, o remetente deve ter uma relação comercial ou social prévia e comprovável com o destinatário (soft opt-in)

    Se a sua empresa vem realizando ações de e-mail marketing para uma base de destinatários que não se enquadra nas situações acima é preciso adequar-se. Uma sugestão é realizar uma campanha para que seus destinatários confirmem a intenção de continuar recebendo seus e-mails. Ou seja, transformá-los em opt in. E isso deve ser feito o quanto antes, pois o código entrará em vigor em poucos dias.

    2 – Posso realizar um primeiro envio para obter a permissão do destinatário para envios posteriores?
    Não. Uma vez que o código esteja oficialmente publicado, não serão permitidas ações para bases que não sejam opt-in ou soft opt-in.

    3 – Política de opt-out e prazo para descadastro
    Opt-out é o mesmo que descadastro. E o Remetente deverá disponibilizar ao Destinatário a sua política de Opt-out e informar o prazo de remoção do seu endereço eletrônico da base de destinatários, que não poderá ser superior a 2 (dois) dias úteis, quando solicitado diretamente pelo link de descadastramento do E-mail Marketing e 5 (cinco) dias úteis quando solicitado por outros meios, prazos estes contados a partir da data da solicitação comprovada.

    4 – Como é feito o opt-out/descadastro?
    Uma das grandes inovações do código é estabelecer que as mensagens de e-mail marketing tragam, obrigatoriamente, um link para opt-out automático e uma segunda alternativa que não seja um link clicável. Muitas pessoas têm receio de clicar em links de e-mail, por questões de segurança. Logo, a alternativa não clicável pode ser um telefone, fax, endereço informado de e-mail ou site (sem link clicável, apenas o texto informativo), sms, carta ou qualquer outro meio amplamente disseminado.

    5 – E-mails de cobrança, suporte e afins não precisam conter recurso de opt-out na mensagem?
    Quando houver contrato entre o Remetente e o Destinatário, as mensagens enviadas exclusivamente com finalidade de assegurar a execução contratual e pós-contratual referentes àquele contrato (ex.:boleto bancário, avisos e extratos) estão dispensadas de conter o recurso de opt-out.

    6 – O endereço de e-mail do meu remetente é do meu provedor.
    O Código é claro: “o Remetente somente poderá enviar mensagens de E-mail Marketing por endereço eletrônico vinculado ao seu Nome de Domínio Próprio, por exemplo, remetente@exemplo.com.br. É vedada a utilização de Domínio de terceiro não pertencente ao mesmo grupo econômico do Remetente ou a Parceiros.”

    Ou seja, se você ainda não possui um domínio próprio, seja de pessoa física (ex. domínio.nom.br) ou jurídica, é preciso providenciar. É importante destacar que você pode ter um domínio e utilizá-lo no e-mail de remetente sem, obrigatoriamente, possuir um site.

    7 – Envio de anexos
    O envio de anexos, muitas vezes utilizado por instituições financeiras, pode ser realizado desde que exista uma autorização prévia e comprovável do destinatário. Certificação e assinatura digitais são permitidas e não ficam sujeitas a regra dos anexos.

    8 – Política de privacidade e de uso de dados
    É imprescindível divulgar no site da sua empresa a “Política de Privacidade e de uso de Dados” adotada com seus clientes e usuários. Isso é importante para que os destinatários da mensagem saibam como e em que situações a empresa utilizará suas informações pessoais ou corporativas.

    9 – Posso comprar base de e-mails?
    Não. O envio só pode ser feito para bases opt-in ou soft opt-in. Porém, é permitido que uma empresa realize uma ação para algum parceiro comercial enviando e-mail para sua própria base de destinatário, desde que observadas as seguintes condições:

    9.1. A base deve ter opt-in expresso e comprovável que autorize o envio de e-mails de conteúdo de terceiros;

    9.2. O e-mail de remetente deverá ser aquele por meio do qual a pessoa física ou jurídica que detêm o relacionamento com a Base de Destinatários pode ser contatada pelo Destinatário;

    9.3. Além dos recursos de opt-out padrão, a mensagem deverá conter mais duas opções de descadastro: uma para descadastro de mensagens daquele parceiro comercial do remetente. E outra para mensagens de todo e qualquer parceiro comercial do remetente;

    9.4. O endereço de remetente deve ser válido e utilizar nome de domínio próprio do responsável pela base de destinatários.

    10 – Configurações técnicas previstas no código
    Entre as várias disposições técnicas previstas no código, destacamos a configuração de SPF (Sender Policy Framework). Em resumo, trata-se de uma configuração no servidor de domínio que informa quais IPs estão aptos a enviar e-mail em nome desse domínio.

    Esta situação ocorre diariamente quando um cliente envie sua campanha de e-mail marketing pelo pela ferramenta de envio, pois utiliza um remetente com seu domínio próprio (por exemplo, newsletter@empresa.com.br) em uma estrutura de terceiros. Será necessário configurar o SPF do domínio, informando os IPs dos servidores utilizados pela ferramenta. Entre em contato com seu gerente de contas ou com o suporte técnico para obter essas informações.

    Fonte: CAPEM

  • As vantagens de anunciar na internet

    Por  |  16/10/2012  |  5 comentários »

    Quando analiso os números da internet no Brasil e no mundo uma pergunta vem a mente. Porque muitos empresários brasileiros ainda não investem ou investem pouco em internet?

    No Brasil a penetração da internet já atingiu 43%, segundo IBOBE, já somos 82 milhões de usuários acima de 16 anos. Se compararmos com outros países que a internet também tem um nível de penetração maior que 40% da população, o Brasil ainda está bem atrás em investimento de mídia em internet. Pra se ter uma ideia, em junho de 2012 o investimento em internet no Brasil chegou a pouco menos de 12% e passou o de jornal, mas ainda é pouco.

    Eu vejo que um motivo para isso talvez seja a falta de conhecimento. O empresário acompanha constantes notícias falando sobre crescimento da internet e do comércio eletrônico, mas ainda assim tem uma resistência de investir nessa mídia, porque as mídias convencionais ainda funcionam e não experimentaram ainda o marketing digital, ou experimentaram e tiveram uma experiência ruim com uma agência despreparada.

    Bom, mas vamos ver algumas das vantagens de anunciar na internet.

    Segmentação

    Mesmo para uma campanha de Branding, a segmentação é sinônimo de economia no orçamento de marketing, as possibilidades de segmentação na internet são inúmeras.

    Viralização

    As redes sócias já se tornaram parte da vida de mais de 80% dos usuários de internet e todo o conteúdo que interessa esse público, pode ser compartilhado, é o famoso boca a boca, mas agora turbinado pela tecnologia, que pode fazer do dia pra noite uma pessoa ou marca famosa.

    Rapidez e dinamismo

    Outro fator importante é o controle das campanhas na internet que estão a um click do mouse, você pode iniciar ou interromper seus anúncios com muito mais rapidez que outras mídias.

    Custo acessíveis

    Qualquer empresa pode anunciar online, existem modalidades de anúncios que você paga por click ou visualização, então você pode começar com um orçamento muito baixo, por exemplo, R$ 1,00 por dia. Geralmente também é mais barato que outras mídias quando comparamos o “ROI”.

    Mensuração de Resultados

    Talvez o maior das vantagens da internet é a possibilidade de se medir quase tudo, isso dá ao empresário a possibilidade de tomar decisões com mais segurança sobre o que e onde investir seus recursos. Além de possibilitar um melhor entendimento do mercado e talvez descobrir novos potenciais clientes e demanda de produtos.
    Sendo assim o mínimo que o empresário deve ter em mente, é olhar essa mídia com mais atenção, pois ele pode estar perdendo muito dinheiro, com mídias que o “ROI” não é bom, ou mesmo sem saber qual o é esse retorno.

  • Uma aula de administração com a Gina Indelicada

    Por Mais Empresas  |  30/08/2012  |  2 comentários »

    Gina, me disseram que você tá falida, porque ninguém mais compra palitos, pois todos preferem fio dental…“, comenta um usuário do Facebook. “É? Você come petiscos com fio dental? Deve ser legal brincar de laçar as fritas, né?“, responde a personagem que atende pela alcunha de Gina Indelicada, identificada com o rosto da modelo Zofia Burk, aquela que virou sinônimo da marca de palitos Gina.

    Com tiradas sarcásticas como essa, a fan page Gina Indelicada tornou-se um fenômeno no Facebook: em uma semana, ultrapassou 1 milhão de fãs, tirou do limbo a adormecida marca Gina e tornou-se o centro das atenções no meio digital – e fora dele. Ok, você aí do outro lado deve estar resmungando que se trata de mais um desses virais da internet que aparecem da noite pro dia e somem com a mesma velocidade – do dia pra noite. Certo? Pode até ser, mas o que está por trás do sucesso da Gina Indelicada interessa e muito para os administradores. Keep calm que eu explico.

    Boa parte dos virais são não-intencionais. Uma família com sua webcam grava um vídeo cantando uma música e, bum!, explode na rede a febre “para nossa alegria“. O colunista social se gaba em um comercial que sua filha está fazendo intercâmbio, e todo mundo passa a comentar a gafe, “menos Luiza, que está no Canadá“. Um adolescente judeu grava um vídeo para comemorar o seu Bar Mitzvah, e quase que automaticamente passamos a cantarolar “eu sou Nissim Ourfali“. Gina Indelicada é um viral diferente: ela foi criada intencionalmente para fazer sucesso. O detalhe: por um garoto de 19 anos, recém saído da puberdade cymbalta for anxiety.

    Ricck Lopes, o jovem estudante de publicidade, já havia criado outra página popular no Facebook, dedicada a compartilhar imagens cômicas e outras bobagens que alimentam os botões de Curtir e Compartilhar da rede de Mark Zuckerberg. Essa fan page foi o seu laboratório para entender a dinâmica da rede social, como as pessoas se comportam, o que gera mais “curtidas” e compartilhamentos, o que gera comentários e, o mais importante, como engajar os internautas.

    Com base no seu exercício de antropologia digital, Ricck observou que, tradicionalmente, as pessoas no Facebook reagem a um determinado conteúdo, seja curtindo, compartilhando ou comentando alguma postagem, e decidiu fazer algo diferente: colocá-las do mesmo lado do editor da página, ou seja, ajudando a criar esse conteúdo. A dinâmica é bastante simples: os usuários enviam uma pergunta e Gina Indelicada responde – à sua maneira, claro. E a diversão dos fãs faz o resto, espalhando os diálogos de Gina pela rede milhares e milhares de vezes.

    E o que isso tem a ver com Administração? Tudo. Há algum tempo, as empresas se deram conta da importância de marcar presença nas redes sociais – e têm feito isso da maneira que aprenderam desde sempre, ou seja, investindo pesado. Agências e consultores especializados são contratados, e dê-lhe anúncios nos mais diferentes meios (dentre eles, a própria internet) e promoções exclusivamente voltadas para aumentar o número de fãs e seguidores virtuais. O Burger King Brasil, por exemplo, criou sua página no Facebook há mais de um ano e apenas recentemente atingiu a marca de 1 milhão de fãs, feito que Gina Indelicada (ou Ricck Lopes, como preferir) realizou em apenas uma semana, sem gastar um mísero real e sem dar um hambúrguer a ninguém. Nem Philip Kotler conseguiria algo parecido.

    Ricck Lopes nos ensinou que, antes de fazer qualquer investimento, devemos conhecer o nosso público-alvo a fundo e conhecer, também, o ambiente onde atuamos. Somente a partir daí, podemos criar e desenvolver o nosso produto (de preferência com a participação direta dos consumidores!). Gina Indelicada pode seguir a curva do ciclo de vida de qualquer viral, esfriando com o tempo, mas Ricck Lopes, seu criador, escreveu um importante capítulo no complexo livro que busca entender o que são as redes sociais, como ela nos afetam – e como podemos tirar proveito dela em nossos negócios.

    Se fizéssemos à Gina Indelicada a seguinte pergunta: “Gina, o que devo fazer para ter mais sucesso em meu negócio?“, com certeza ela responderia:

    – Comece a enxergar a Administração além do óbvio.

    Fonte: Administradores

  • Concurso Garota Rinno Vest

    Por Mais Empresas  |  06/08/2012  |  Comente »

    Vote Agora

    Que mulher nunca pensou em ser musa? Em estar representando algo importante, algo de âmbito nacional? Essa é a oportunidade que a Vest Home, em parceria com a Rinno, está dando pra você com o concurso Garota Rinno Vest!

    O concurso

    As duas empresas se uniram para levar uma sul-mato-grossense até o Salão Internacional do Automóvel, em São Paulo, representando o estado no maior evento automobilístico da América Latina que acontece de 24 de outubro até quatro de novembro.

    Para participar, a garota deve entre 18 e 26 anos e residir no Mato Grosso do Sul. Após preencher a ficha de inscrição, as fotos das participantes vão para a página do evento no Facebook para concorrer. As 10 fotos com maior número de “curtir” vão participar da grande final: um desfile no Shopping Campo Grande no dia cinco de outubro!

    Os prêmios

    Além do título de garota Rinno Vest 2012, a primeira colocada ganha presença VIP no Salão Internacional do Automóvel com tudo pago, um par de sapatos Empório Naka, um book com 30 fotos, um pôster ou mosaico, além do look completo da Vest Home!

    Não fique de fora do concurso que irá selecionar a musa do Salão Internacional do Automóvel em São Paulo! Clique aqui para se inscrever e boa sorte!

  • 5 dicas de marketing digital para pequenas e médias empresas

    Por Mais Empresas  |  03/02/2012  |  1 comentário »

    Pequenas e Médias empresas podem ser vistas como Grandes e Organizadas Corporações através do uso de ações estratégicas de Marketing Digital. Com a popularização das redes sociais, o marketing digital se tornou ferramenta obrigatória para qualquer tipo de empresa. O grande diferencial é que pequenas e médias empresas possuem a vantagem de implementar projetos com muito mais agilidade e capacidade de adaptação.
    Esse diferencial faz com que muitas dessas empresas se destaquem no meio empresarial através de cases de sucesso e ações criativas de marketing digital. Listaremos 5 dicas para usar o marketing digital combinado com algumas ações de SEO para conquistar novos clientes e admiradores.

    1 – Blog

    O Blog é a maneira mais fácil de criar e gerenciar conteúdos de qualidade com possibilidade de indexação pelo google. Serve como um “Plus” para o seu site e pode servir como uma rede de captação de novos clientes. Uma dica: faça de seu blog uma fonte de informação para que você seja descoberto e adorado pelos clientes. Entre na cabeça deles e tente imaginar por onde estão navegando ou que tipo de conteúdo estão buscando no Google. Utilize ferramentas como o Google Suggest, Adwords, Google Zeitgeist ou Google Trends. Combinando estas ferramentas com as palavras-chave ligadas ao seu negócio, você descobrirá o que está na “boca do povo”, e o que as pessoas estão buscando a respeito do seu negócio. Faça posts interessantes para o seu público e se deixe ser encontrado.

    2 – Newsletter e Email Marketing

    Newsletters ou Email Marketing são ótimas ferramentas para você aguçar diariamente o desejo de consumo dos seus clientes. Email Marketing funciona! E como funciona! Mas, como todo tipo de mídia, você precisa estabelecer uma frequencia certa. Evite enviar emails com larga diferença de tempo. Mas também não seja chato a ponto de enviar dois a três emails por dia. Estabeleça um padrão para o seu negócio. Evite comprar listas no mercado negro ou de fontes duvidosas. Essas listas poderão fazer com que a imagem da sua empresa fique queimada, e seu email provavelmente entrará nas listas ANTI-SPAMS (o SPC/SERASA dos servidores de Email).

    Veja o que não pode faltar em seu e-mail marketing:

    – Uma promoção atrativa.

    – Preço competitivo.

    – Facilidade de pagamento.

    – Fotos e layouts bonitos e atrativos.

    – Diferencial competitivo: ofereça um brinde ou um serviço a mais para que você se destaque frente aos seus concorrentes.

    3 – Redes Sociais

    Virou modismo: toda empresa tem que estar no Facebook e no Twitter. Porém, antes de sair cadastrando sua empresa em duzentos sites diferentes de redes sociais ao redor do mundo, pense exatamente na finalidade dessa ação. E na verdade não existe outra: ficar próximo dos seus clientes, e quem sabe ampliar seus contatos e número de seguidores. Agora pense em sua estrutura. Você realmente tem tempo de responder ou interagir em tempo real com seus clientes em todas as redes sociais? Provavelmente não. A regra é clara: entre em uma rede social somente quando você tiver tempo e condições de atuar o tempo todo. Não entre por modismos ou apenas para dizer que está presente, pois na prática, não estará. Se possível, recorra a um profissional qualificado. Em geral são muito experientes e poderão te auxiliar na elaboração de um planejamento de atuação adequado para o seu negócio.

    4 – Resource Center ou Help Desk

    Ainda não muito populares por aqui, o Help Desk é uma ferramenta muito explorada nos Estados Unidos. Os mais conhecidos são o Zendesk e o Kayako. Através deles, seu cliente terá acesso a toda informação de uso ou compra de produtos no seu site, informações relacionadas ao seu produto ou serviço, formas de pagamento, entregas e devoluções. Funciona praticamente como um self-service de informações relacionadas ao seu negócio. Em geral são recheados de perguntas e dúvidas mais frequentes, fáceis de serem identificadas pelos usuários. O Help Desk é facilmente configurado e certamente desafogará o seu serviço de tele-atendimento, fazendo com que seu custo com atendimento despenque. No Brasil, empresas como a Netimovies, a Rint ou o Moip, usam e abusam desse serviço. Outra vantagem é que o conteúdo publicado é facilmente indexado pelos mecanismos de busca.

    5 – Google Adwords (Links Patrocinados) e Sites comparadores de Preço

    Os Links Patrocinados são aqueles pequenos anúncios de texto que aparecem ao lado direito do Google assim que você faz uma pesquisa. Os resultados são sempre relacionados ao tema da busca. Da mesma forma, você poderá definir o seu público-alvo, selecionando as palavras-chaves mais adequadas ao seu produto ou serviço. O anunciante paga apenas quando seu anúncio é clicado. O valor do clique (CPC – Custo por Clique) é definido através de vários fatores que envolvem a qualidade do anúncio, as palavras-chaves escolhidas e uma série de outras métricas definidas pelo Google. Além disso, você poderá regionalizar sua campanha e até mesmo definir o orçamento diário.

    Por outro lado os sites comparadores de preços coloca você ao lado dos seus concorrentes. Em geral, o CPC (custo por clique) é bem mais elevado que o Google Adwords, porém com a possibilidade de comparação instantânea de preços, formas de pagamentos e entrega. Se você deseja colocar sua marca ao lado de marcas famosas e consagradas, esta é sua chance. Porém, vá com cuidado. Ter o melhor preço não é garantia de venda. Além de preço, ofereça ao seu cliente formas de pagamento diferenciadas, brindes, enfim… qualquer diferencial que destaque você dos grandes varejistas. Muitos clientes pagam mais caro só para comprar de uma marca famosa e de confiança inquestionável. Por isso, prepare sua retaguarda, oferecendo informações claras e precisas sobre a política de segurança, prazos e garantia de entrega dos seus produtos. Busque qualificação através do selo do E-bit e claro… cumpra com seus prazos corretamente.

    Fonte: mercadoecommerce.com.br

  • Não basta criar, tem que registrar

    Por Mais Empresas  |  19/10/2011  |  Comente »


    O primeiro passo é ter uma grande ideia. E nem precisa ser nada mirabolante, de outro mundo. Às vezes, um pequeno detalhe, com base no óbvio já faz a diferença. Afinal, como diz um velho ditado: “Apenas os grandes gênios costumam enxergar o óbvio”. É assim que nascem os inventos. Finalizada esta etapa de criação começa outra tão importante quanto, que é se certificar de que a grande invenção já não foi criada por outro ‘gênio’. E é por isso que existem as patentes.

    Ao requerer uma patente ou registro de marca é fundamental fazer uma busca minuciosa para se certificar de que a criação ou a marca é inédita. Como se não bastasse o ato da criação, para obter o registro é preciso seguir alguns requisitos básicos, como ser novidade, ter uma atividade inventiva e ter aplicação industrial. Mas por onde começar? O Institulo Nacional de Propriedade industrial disponibiliza em seu site, uma pesquisa de marcas e patentes. Isso sem falar que existe ainda a Revista da Propriedade Industrial — RPI.

    Podem requerer patente qualquer pessoa física ou jurídica e o prazo de validade depende da modalidade. É bom que se saiba que existem três tipos diferentes: tem o desenho industrial que é caracaterizado por uma nova configuração ornamental ou toda a disposição ou conjunto novo de linhas ou cores, seja para fim comercial ou industrial; Tem o Modelo de Utilidade que tem como característica uma nova forma em objetos conhecidos; e para finalizar, tem a patente de invenção que é quando uma invenção é realmente considerada nova.

    Na era da tecnologia, está mais fácil fazer o registro. A partir do dia 3 de outubro começa a funcionar a nova versão do sistema e-Marcas que estará disponível para todos os usuários no Portal do INPI. Nem preciso dizer que o sistema é mais seguro, rápido e prático. Mais uma vez é a internet facilitando a vida das pessoas. Outra opção são as empresas especializadas em fazer esse tipo de registro.

  • Industria de calçados investe em sustentabilidade

    Por Mais Empresas  |  29/08/2011  |  Comente »

    Look moderno e pautado na sustentabilidade do planeta convidam jovens a responder ao chamado da moda ecologicamente correta.

    Com um século de existência, o All Star, tênis criado pela Converse, de variadas cores e modelos, se destaca em todas as classes sociais por ter um preço super acessível. Até hoje, mais de 800 milhões de pares de Converse All Stars foram vendidos em todo o mundo, sendo 30 000 por semana. É uma peça chave para criar um look mais descontraído, nunca sai de moda, e agora entrar na tendência dos Ecologicamente corretos, preocupada com o aquecimento global, a preservação da natureza, e o futuro de nossas crianças.

    Converse All Star Sustentável

    Em um momento em que todas as empresas estão pensando no verde, e tendo em mãos a licença da Secretaria do Meio Ambiente e Tecnológica, em comemoração aos 100 anos da marca, a Converse All Star lançou uma edição limitada focando a sustentabilidade: o modelo Taylor All Star PET.

    Todo feito de material reciclado como garrafas PET, alumínio, algodão, cola a base de água, fibra de bambu, tendo também a embalagem que é toda transparente, feita com plástico reciclado e por aí vai. Com as cores branco e verde levam o tom das embalagens plásticas. A palmilha interna tem estampas de garrafas PET’s nos vários estágios da reciclagem, bem diferente.

    Com essa iniciativa a converse objetiva despertar mais o interesse dos jovens em adquirir e usar produtos ecologicamente corretos, fazendo com que a geração atual acredite que a degradação do meio ambiente é um problema para ser resolvido agora e não nas futuras gerações.

    A idéia era lançar somente 500 pares desta proposta ecológica, mas ele fez tanto sucesso que entrou na linha! Melhor pra nós, que em breve poderemos adquirir mais um item para um look que além de moderno contribui com a sustentabilidade do nosso planeta.

  • Verdades sobre o marketing digital

    Por Mais Empresas  |  09/08/2011  |  Comente »

    Muito se fala em marketing digital e como ele transformará a publicidade em todo o mundo. Gostem ou não, é notório que cada vez mais empresários migram para esse tipo de propaganda virtual, fazendo transparecer e praticamente provar que a tese dele ser necessário é totalmente verídica.

    Existem alguns pontos que gostaria de debater na coluna dessa semana e os separei em tópicos para melhor elucidar minha ideia e explicar ao leitor quais são os mitos e as verdades sobre o marketing digital e a campanha de links patrocinados.

    Continue lendo…