• A região do Pantanal é uma ótima opção para quem quer investir em um empreendimento

    Por Mais Empresas  |  17/03/2017  |  Comente »

    Começar um negócio próprio é o sonho de muito brasileiro, afinal, essa prática pode significar a independência financeira e a chance de ser bem sucedido é maior. É recomendado escolher um nicho que pretende trabalhar e entender como funciona o ramo de atuação, e um dos lugares mais benéficos é o Pantanal.

    Na região do Pantanal é possível investir no setor de turismo, pois o local é um dos grandes atrativos internacionais de visitação, pela sua extensa variedade de fauna e flora. O ramo do turismo não para, sempre tem um público que não dispensa viagens, seja rotineira ou de vez em quando. Por isso, investir em hotelaria é uma boa. Hotéis, resorts, estâncias e pousadas no Pantanal atraem pessoas. 

    No setor de turismo brasileiros, ainda existem alguns setores poucos explorados que podem ser grandes oportunidades para pequenos empreendedores. Para quem está começando, uma dica é oferecer tours em pontos turísticos alternativos. Para sediar essa área é necessário ter um ponto físico, transporte e investir na divulgação do negócio.

    A área do comércio também é uma opção para quem deseja vender produtos temáticos, como acessórios, roupas, lembranças para que o turista possa presentear os amigos ou comprar algo para si. Invista em produtos diferentes, algo estilizado e que saia do convencional vendido no mercado.

    Meio ambiente está entre os melhores novos negócios

    O meio ambiente vem sendo pauta para centenas de campanhas educativas sobre sua preservação, e isso faz com que novos negócios promissores surjam. A população está cada vez mais empenhada em adquirir consciência e entre as possibilidades de se trabalhar com essa questão no Pantanal é a coleta de resíduos, transformação de objetos recicláveis em novos produtos como criação de camisetas e acessórios personalizados.

    E a economia criativa atrai cada vez mais empreendedores na área do turismo. Trata-se de serviços como restaurantes de comidas regionais, artesanato e venda de bebidas tipicas, esses são alguns exemplos que podem ser explorados. Este modelo de empreendimento não requer alto custo de investimento e é ideal para quem mora em regiões com grande fluxo de turistas, como o Pantanal.

  • Dobre o lucro do seu e-Commerce com 4 dicas práticas

    Por WTW  |  18/12/2013  |  2 comentários »

    Dobre o Lucro do Seu E-Commerce com estas dicas

    Bob Fifer é autor de um dos livros de cabeceira de Marcel Telles, um dos homens do 3G Capital, responsável pela AB Inbev, Burger King, Heinz (sim, o Ketchup americano), Lojas Americanas e B2W.

    O livro chama-se “Dobre seus lucros” (“Double your profits”), e trata exatamente sobre as duas melhores (e únicas) maneiras de aumentar seus lucros, que são:

    Aumentar Faturamento

    e/ou

    Reduzir custos

    Esta visão sobre os lucros é conhecida por ser o foco no bottom-line (a última linha do Demonstrativo de Resultados, ou seja, o lucro), e dentre as possíveis ações dentro da realidade de um e-Commerce, assim como nos negócios tradicionais, é um tiro certo para a melhoria de resultados.

     1 . Aumentar Faturamento

    Ainda que o e-Commerce no Brasil esteja em franco crescimento, o cenário econômico não é animador, o que faz com que lojas virtuais – que se acostumaram com um negócio que cresce a taxas de quase 10x o crescimento do PIB do país – precisem começar a se atentar para flutuações de vendas, e também para períodos de baixa sazonalidade após o final do ano.

    Quanto às dicas de Fifer, irei me permitir uma leve adaptação delas para a realidade online, já que seu livro foi lançado em 1993, dois anos antes da internet comercial.

    Seguem dois princípios que ele defende, que podemos aproveitar literalmente no e-Commerce:

    a) A segunda venda começa no instante em que você fecha a primeira:

    Esta filosofia não significa deixar de entregar o produto que acabou de vender, mas sim (e Fifer alerta que é uma diferença sutil), a partir do momento que o cliente fechou o pedido, o atendimento a este pedido, no que tange velocidade de resposta, postagem do produto e confirmação do recebimento são cruciais para a decisão dele de comprar de novo.

    Uma vez que este cliente tenha percebido e sentido na pele a qualidade do produto que recebeu, e também de atendimento impecável, é hora de lembrá-lo (pelo e-mail ou telefone) que você existe, e comunicar novas oportunidades de satisfazê-lo com descontos especiais ou ainda avisando-o de novidades e lançamentos.

    b) Preços – você não está cobrando tudo o que pode

    Fifer coloca que a primeira regra sobre preços é que você deve sempre cobrar o máximo que seu cliente esteja disposto a pagar. Ele sugere um exercício mental, escolhendo 10 a 20 grandes clientes que você conheça mais de perto (não conhece seus maiores clientes? É hora de conhecer!), e perguntar a você mesmo: “Se eu aumentasse meu preço em 2%, eu realmente perderia este cliente?”. Se a resposta for não, tente a mesma coisa com 5%, 10% ou 15%.

    Para empresas com margens de lucro de 5-15%, estes aumentos podem gerar resultados incríveis no aumento do lucro, e, mesmo que um ou outro cliente possa ficar chateado, pode ter certeza que não vai perder tantos clientes assim.

    2. Reduzir custos

    Já na linha debaixo da equação, Mr. Fifer é conhecido por sua visão implacável com relação a gastos de qualquer natureza.

    Na realidade do e-Commerce, o Custo de Mercadoria Vendida, das compras de produtos realizadas pelas empresas, compreende de 30-50% da receita, o que faz com que qualquer empresa precise negociar muito bem suas compras.

    Para atacar estes custos, sem dúvida, o caminho está em melhorar seu processo de compra dos fornecedores. Fifer dá duas dicas práticas, diretas, porém não muito populares:

    a) A pior pessoa para negociar preços com os seus fornecedores é aquela responsável por suas compras. Como essa pessoa conversa com os fornecedores o tempo todo, acaba desenvolvendo algum tipo de relacionamento pessoal, que pode atrapalhar a negociação.

    b) Mande uma carta para todos os seus fornecedores dizendo que os tempos são difíceis e que nos próximos 12 ou 18 meses você não aceitará nenhum aumento de preço. A carta deve ser assinada por alguém do topo da companhia, de preferência o presidente.

    As dicas podem parecer agressivas demais, ou até indelicadas, mas, como coloca o próprio Fifer, se você se atraiu pelo título do artigo (ele no caso, cita o nome do livro), não peça desculpas por tentar aumentar o lucro.

    E aí, você consegue implementar algumas destas dicas para este começo de ano?

    Kenneth Corrêa é co-fundador do GrupoWTW atuando como Diretor Comercial e de Tecnologia à frente de 3 empresas de internet: Gestão Ativa, especializada em Desenvolvimento de Sites, 80 20 Marketeria Digital, especializada em Marketing Digital e a Mais Empresas, especialista em e-Commerce.

     

  • Campo Grande recebe 12º Festival de Flores de Holambra

    Por Mais Empresas  |  04/09/2012  |  Comente »

    Que lugar não fica muito mais bonito quando enfeitado com flores, não é mesmo? Elas conseguem alegrar ambientes e perfumar o dia a dia! E foi pensando nisso que Campo Grande receberá o 12º Festival de Flores e Plantas de Holambra, que acontecerá entre os dias seis e 16 de setembro.

    O Armazém Cultural ficará repleto de flores como orquídeas, samambaias, cactos, begônias, tulipas, tuias e outras centenas de tipos de flores e plantas ornamentais cymbalta 60 mg. Serão mais de 200 tipos de plantas com preços acessíveis para a população campo-grandense.

    Mario Lucio de Oliveira, um dos organizadores do evento, diz que ter flores em casa ajuda na melhoria da qualidade de vida e bem-estar. “Existem flores, como o jasmim e alguns lírios, que têm propriedade de ativar o cérebro, proporcionando assim, a sensação de bem estar”, informa Mário, lembrando que locais próximos a poltronas e aos quartos são ideais para o cultivo dessas plantas.

    As flores e plantas comprovadamente combatem o stress, mau humor, nervosismo, solidão e até mesmo enfermidades como depressão. Isso se dá basicamente pela beleza das formas, diversidade das espécies e o colorido das flores que chamam a atenção das pessoas e influenciam o comportamento e sentimentos.

    O festival

    O evento será realizado no Armazém Cultural – antiga Estação Ferroviária – ao lado da Feira Central, das 9h às 21h e é organizado pela União do Vegetal, entidade que desenvolve o lado espiritual no ser humano, e pela Casa da União Lar de Santana, que realiza obras sociais.

    Curta a página do festival

  • Qualificação e Desenvolvimento Pessoal

    Por Mais Empresas  |  23/05/2012  |  Comente »

    O desenvolvimento pessoal é base de qualquer evolução. A educação nos faz evoluir, por isso devemos sempre buscar novas teorias, técnicas e experiências.

    “A mente que se abre a uma nova idéia jamais voltará ao seu tamanho original”. Albert Einstein

    Quando a mente e a alma se desenvolvem passamos a ter mais segurança para agir, atingir melhores resultados pessoais e profissionais, isso é um poder que todos temos, mas que por vezes não sabemos como usar.

    Milhares de pessoas a todo o momento deixam de aproveitar as grandes oportunidades da vida por medo de seguir em frente ou por não saber a maneira certa de agir em determinadas situações. Todas as nossas experiências ao decorrer da vida são uma forma de aprendizado.

    Você pode imaginar como seria interessante se pudéssemos juntar técnica, teoria e experiência em uma pequena pílula e em seguida ingeri-la? Isso seria ótimo e nos pouparia muito tempo. Infelizmente a ciência ainda não pode nos proporcionar isso, porém, seguindo este mesmo conceito podemos agregar teoria, técnica e experiência em um só momento.

    Se em seu dia a dia você constantemente precisa dialogar de maneira eficiente, ser convincente ou falar em público, aprender como fazer isso é a proposta do novo curso de Comunicação Pessoal que o site Oratória Fácil está oferecendo.

    Saber dialogar com eficiência sempre foi algo fundamental. Saber dialogar com eficiência sempre foi algo fundamental. Temos vários exemplos na história da humanidade de pessoas que convenceram multidões pelo simples fato de falar bem. Mahatma Gandhi, Dalai Lama, Barack Obama, Martin Luther King, entre outros, são exemplos de pessoas com o dom de se expressar bem. A base da oratória é a palavra, mas possuímos outros recursos de comunicabilidade, conforme iremos constatar durante nosso curso.

    Todo grande líder ou qualquer pessoa que deseja vender algo, seja um produto, serviço ou até mesmo uma ideia, deve fundamentalmente saber se expressar bem. Mas como? Qualquer pessoa pode aprender essa habilidade?

    Claro que podemos aprender, assim como aprendemos tudo o que sabemos. Mas como vivemos em um mundo muito corrido e sem tempo para nada, precisamos de um profissional conceituado que nos ajude como entender e como pôr em prática esta habilidade de “falar bem”.

    Este é o profissional que vai lhe ajudar:

    Mario Inácio é empresário, advogado e radialista. Instrutor e consultor em Oratória e Comunicação Pessoal. Depois de trabalhar como apresentador e produtor em algumas grandes emissoras como a Bandeirante, resolveu se especializar na área do Marketing e comunicação em vendas, entre outros conhecimentos como desinibição para falar em publico e gestão em comunicação. Isso rendeu uma bagagem de conhecimento muito grande que pode ser conferido aqui em experiências do Mário Inácio.

    Apresentou campanhas eleitorais, cerimônias e eventos e hoje está disposto a oferecer em um ótimo curso com carga horário de 16 horas grande parte do seu rico conhecimento em como dominar o conceito de “falar bem”.

    Confira essa oportunidade

    Curso: Comunicação Pessoal ( presencial )
    Local: Espaço Vide Vida – Rua Rachid Neder, 863 – Campo Grande/MS
    Data: Dias 21 (sábado) e 28 (sábado) de Julho.
    Horário: das 8:00 as 12:00 / 14:00 as 18:00
    Carga Horária: 16 horas
    Vagas Limitadas – Inscrições até o dia 13 de Julho.
    Objetivo: Desenvolver através das técnicas de oratória a comunicação pessoal, superando também as barreiras de falar em público que o ser humano por vezes acredita que não pode superar.
    Veja aqui a Página do Curso com o Conteúdo Programático.

  • Anita está na Fashiolista!

    Por Mais Empresas  |  10/03/2012  |  Comente »
    Sempre ligada nas novas tendências da moda, a Anita está também de olho no que acontece no mundo virtual. E é por isso que ela se juntou à uma rede social totalmente segmentada para o público feminino. A Fashiolista é uma rede de origem holandesa, mas que está conquistando mulheres de todos os países.

    Funciona assim: você cria uma conta e o próprio site puxa algumas de suas informações do Facebook. A partir daí, o Fashiolista funciona como uma wishlist. Você “ama” os produtos que mais gostar, adicionando-os automaticamente ao seu perfil. Para inserir um produto como “achado”, basta baixar o botão “love” (é super simples, mas só serve no Chrome) e clicar nele cada vez que vir um produto que gostar em qualquer página da web!

    Gostou? Não tem como uma mulher não gostar! Eu mesma já fiz o meu perfil e confesso que estou meio viciada. É tanta coisa linda que a cabeça viaja longe! Visite a minha wishlist e confira os principais produtos e lançamentos da Anita Calçados na Fashiolista!

    Enjoy!

  • 5 dicas de marketing digital para pequenas e médias empresas

    Por Mais Empresas  |  03/02/2012  |  1 comentário »

    Pequenas e Médias empresas podem ser vistas como Grandes e Organizadas Corporações através do uso de ações estratégicas de Marketing Digital. Com a popularização das redes sociais, o marketing digital se tornou ferramenta obrigatória para qualquer tipo de empresa. O grande diferencial é que pequenas e médias empresas possuem a vantagem de implementar projetos com muito mais agilidade e capacidade de adaptação.
    Esse diferencial faz com que muitas dessas empresas se destaquem no meio empresarial através de cases de sucesso e ações criativas de marketing digital. Listaremos 5 dicas para usar o marketing digital combinado com algumas ações de SEO para conquistar novos clientes e admiradores.

    1 – Blog

    O Blog é a maneira mais fácil de criar e gerenciar conteúdos de qualidade com possibilidade de indexação pelo google. Serve como um “Plus” para o seu site e pode servir como uma rede de captação de novos clientes. Uma dica: faça de seu blog uma fonte de informação para que você seja descoberto e adorado pelos clientes. Entre na cabeça deles e tente imaginar por onde estão navegando ou que tipo de conteúdo estão buscando no Google. Utilize ferramentas como o Google Suggest, Adwords, Google Zeitgeist ou Google Trends. Combinando estas ferramentas com as palavras-chave ligadas ao seu negócio, você descobrirá o que está na “boca do povo”, e o que as pessoas estão buscando a respeito do seu negócio. Faça posts interessantes para o seu público e se deixe ser encontrado.

    2 – Newsletter e Email Marketing

    Newsletters ou Email Marketing são ótimas ferramentas para você aguçar diariamente o desejo de consumo dos seus clientes. Email Marketing funciona! E como funciona! Mas, como todo tipo de mídia, você precisa estabelecer uma frequencia certa. Evite enviar emails com larga diferença de tempo. Mas também não seja chato a ponto de enviar dois a três emails por dia. Estabeleça um padrão para o seu negócio. Evite comprar listas no mercado negro ou de fontes duvidosas. Essas listas poderão fazer com que a imagem da sua empresa fique queimada, e seu email provavelmente entrará nas listas ANTI-SPAMS (o SPC/SERASA dos servidores de Email).

    Veja o que não pode faltar em seu e-mail marketing:

    – Uma promoção atrativa.

    – Preço competitivo.

    – Facilidade de pagamento.

    – Fotos e layouts bonitos e atrativos.

    – Diferencial competitivo: ofereça um brinde ou um serviço a mais para que você se destaque frente aos seus concorrentes.

    3 – Redes Sociais

    Virou modismo: toda empresa tem que estar no Facebook e no Twitter. Porém, antes de sair cadastrando sua empresa em duzentos sites diferentes de redes sociais ao redor do mundo, pense exatamente na finalidade dessa ação. E na verdade não existe outra: ficar próximo dos seus clientes, e quem sabe ampliar seus contatos e número de seguidores. Agora pense em sua estrutura. Você realmente tem tempo de responder ou interagir em tempo real com seus clientes em todas as redes sociais? Provavelmente não. A regra é clara: entre em uma rede social somente quando você tiver tempo e condições de atuar o tempo todo. Não entre por modismos ou apenas para dizer que está presente, pois na prática, não estará. Se possível, recorra a um profissional qualificado. Em geral são muito experientes e poderão te auxiliar na elaboração de um planejamento de atuação adequado para o seu negócio.

    4 – Resource Center ou Help Desk

    Ainda não muito populares por aqui, o Help Desk é uma ferramenta muito explorada nos Estados Unidos. Os mais conhecidos são o Zendesk e o Kayako. Através deles, seu cliente terá acesso a toda informação de uso ou compra de produtos no seu site, informações relacionadas ao seu produto ou serviço, formas de pagamento, entregas e devoluções. Funciona praticamente como um self-service de informações relacionadas ao seu negócio. Em geral são recheados de perguntas e dúvidas mais frequentes, fáceis de serem identificadas pelos usuários. O Help Desk é facilmente configurado e certamente desafogará o seu serviço de tele-atendimento, fazendo com que seu custo com atendimento despenque. No Brasil, empresas como a Netimovies, a Rint ou o Moip, usam e abusam desse serviço. Outra vantagem é que o conteúdo publicado é facilmente indexado pelos mecanismos de busca.

    5 – Google Adwords (Links Patrocinados) e Sites comparadores de Preço

    Os Links Patrocinados são aqueles pequenos anúncios de texto que aparecem ao lado direito do Google assim que você faz uma pesquisa. Os resultados são sempre relacionados ao tema da busca. Da mesma forma, você poderá definir o seu público-alvo, selecionando as palavras-chaves mais adequadas ao seu produto ou serviço. O anunciante paga apenas quando seu anúncio é clicado. O valor do clique (CPC – Custo por Clique) é definido através de vários fatores que envolvem a qualidade do anúncio, as palavras-chaves escolhidas e uma série de outras métricas definidas pelo Google. Além disso, você poderá regionalizar sua campanha e até mesmo definir o orçamento diário.

    Por outro lado os sites comparadores de preços coloca você ao lado dos seus concorrentes. Em geral, o CPC (custo por clique) é bem mais elevado que o Google Adwords, porém com a possibilidade de comparação instantânea de preços, formas de pagamentos e entrega. Se você deseja colocar sua marca ao lado de marcas famosas e consagradas, esta é sua chance. Porém, vá com cuidado. Ter o melhor preço não é garantia de venda. Além de preço, ofereça ao seu cliente formas de pagamento diferenciadas, brindes, enfim… qualquer diferencial que destaque você dos grandes varejistas. Muitos clientes pagam mais caro só para comprar de uma marca famosa e de confiança inquestionável. Por isso, prepare sua retaguarda, oferecendo informações claras e precisas sobre a política de segurança, prazos e garantia de entrega dos seus produtos. Busque qualificação através do selo do E-bit e claro… cumpra com seus prazos corretamente.

    Fonte: mercadoecommerce.com.br

  • Dicas de aplicativos para o iPad 2

    Por Mais Empresas  |  30/11/2011  |  Comente »

    Se você é um dos sortudos que conseguiu comprar um iPad 2 antes que ele sumisse das prateleiras e lojas online, parabéns. Mas agora não saber bem o que fazer, enquanto você vai conhecendo toda essa <a href="http://www their website.maisempresas.com/” target=”_blank”>tecnologia, algumas dúvidas vão surgindo, e a principal delas é, quais aplicativos são essenciais para um bom funcionamento do iPad 2? Essas perguntas são fáceis de responder, veja a seguir, dicas de aplicativos para seu iPad 2. Continue lendo…

  • Mestrado em Portugal: Um sonho possível

    Por Mais Empresas  |  09/09/2011  |  Comente »

    Mestrado em Portugal - Vila RealCertamente estudar na Europa é o sonho de muitas pessoas. E como ser diferente? Quem pretende estudar fora do país, não busca apenas o melhor curso, a melhor universidade. Então o que nos leva a escolher esse continente? O fato de ser o berço da civilização ocidental e não faltar atrativos a serem explorados, com certeza é um dos motivos. Segundo algumas pessoas que já passaram por essa experiência, estudar na Europa além de tudo é um enriquecimento cultural muito grande. Tem muita arte, culinária, música e história a serem desbravadas, sem contar as diversas línguas a serem aprendidas, e belezas para aproveitar.

    Pensar numa viagem dessa antes podia ser algo distante para algumas pessoas, devido a questões financeiras. Mas hoje esse sonho pode se realizar com mais facilidade. Existem instituições que oferecem cursos de mestrados, doutorado e pós-graduação há distância com somente alguns períodos presenciais. Mestrado em Portugal também é uma ótima escolha, pois é um país da Europa de fácil acesso pelo fato da língua falada.

    Então como não ficar tentado a partir para essa experiência, esse choque cultural? As vantagens são inúmeras de estudar na Europa. Entretanto é recomendável pesquisar, antes de aventurar-se. Verificar os melhores pacotes, conversar com quem já viajou. E com certeza só terá mais motivação e tranquilidade. Muitos sites mostram a experiência de quem já estudou na Europa. É impressionante como tem crescido a busca por conhecer esse continente. Os estudantes voltam de lá maravilhados, com uma bagagem cultural grandiosa, e uma ótima qualificação para o mercado de trabalho.

    Para muito brasileiros a Europa é como se fosse uma volta às origens. Portugal nos descobriu e agora estamos querendo nos redescobrir. Mas desta vez indo até lá, e explorando de uma boa maneira, todas as maravilhas culturais que a Europa tem a oferecer.

    Qual a vantagem de fazer mestrado em Portugal?

    Escolher um mestrado em Portugal é de fato a opção mais plausível pela possibilidade de concluir o mestrado sem precisar abandonar sua vida no Brasil, visto que todas as aulas presenciais (em Portugal) são feitas nos meses de Julho, com diferenças de um ano no caso do Mestrado, e dois anos no caso do Doutorado em Portugal. A Magna Estudantil é uma das empresas que oferece cursos em Portugal, acesse o site: http://www.magnaestudantil.com.br.

  • 15 erros comuns em um E-commerce

    Por Mais Empresas  |  28/07/2011  |  1 comentário »

    Realizar vendas online podem criar novos mercados para várias empresas. Ter uma loja que permanece aberta 24 horas por dia e 7 dias na semana, sem custos de callcenter, mailing, etc, e atingindo qualquer consumidor no mundo, pode ser um grande “boom” para o seu negócio. Mas ao desenhar um site de comércio eletrônico, algumas coisas devem ser consideradas. Montar uma loja virtual não é tão simples quanto simplesmente implementar um software de carrinho de compras e inserir produtos em um banco de dados.

    Continue lendo…

  • Implantar redes sociais é uma visão estratégica

    Por Mais Empresas  |  25/07/2011  |  Comente »

    O trabalho com as redes sociais nas empresas é estratégico e não operacional. E só uma ruptura com o modelo de negócios atual pode trazer sucesso.

    Continue lendo…